Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Nasi diz que a volta do Ira! está à altura da trajetória da banda no rock nacional

por Isadora Helena Martins

Vocalista conta que grupo vai lançar vinil do novo disco e lamenta o crescimento da intolerância e dos discursos que beiram ao fascismo no país

Foto: Divulgação

A banda Ira! está de volta. Depois de 13 anos sem lançar um disco com músicas inéditas, desde o início do mês o grupo está trabalhando na divulgação do disco novo, “Ira” (sem o ponto de exclamação).
O novo álbum tem 10 canções, com destaque para as faixas “Eu Desconfio de Mim”, “Chuto Pedras e Assobio”, “O Homem Cordial Morreu” e “Mulheres à Frente da Tropa”, um manifesto sobre a importância das mulheres de todas as crenças, raças e extratos sociais, na mobilização social no país. Em “Efeito Dominó” há a participação da ex-vocalista do grupo Metrô, Virginie Boutaud. Todas as canções são assinadas por Edgard Scandurra. 
Em entrevista exclusiva concedida ao programa Café & Cultura, o vocalista da banda, Nasi, disse que o trabalho trouxe satisfação à banda.
“Este disco veio na horta certa. Estava pronto desde o final de 2019, mas demos uns retoques antes de começar a lançar pelas redes sociais. É importante para nós apresentarmos um novo álbum neste momento. Estamos felizes e cremos que o disco está à altura da trajetória do Ira!”, destacou o vocalista, também analisando conjuntura nacional: “Nunca vi um clima como este no Brasil e no mundo. Há um, crescimento da intolerância e de discursos beirando ao fascismo. Não podemos dar passos para trás”.  
O novo disco do Ira! foi produzido por Apollo 9 durante o ano passado. Estava pronto e deveria começar a ser trabalhado com shows ao vivo desde março, quando começou o isolamento por causa da Pandemia. Agora, as divulgações estão sendo feitas de forma virtual
Enquanto planeja uma versão em vinil para o CD, o Ira! também reforça o bom momento vivido entre o guitarrista Edgard Scandurra e o vocalista Nasi, que chegaram a brigar e romper relações por volta de 2007. Na nova formação, eles seguem firmes e afinados ao lado dos novos integrantes, o baixista Johnny Boy e o baterista Evaristo Pádua.
“Eu e o Edgar somos aquarianos, nascemos quase no mesmo dia. E, entre altos e baixos, o que sobrevive é essa parceria”, falou Nasi.
Confira a íntegra da entrevista AQUI.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais