Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Hospital Nossa Senhora da Oliveira terá ambulatório de urologia

por Neto Ferreira

Anúncio foi feito pela secretária de saúde do estado, Arita Bergmann, em visita a Vacaria

Foto: Tua Rádio

O Hospital Nossa Senhora da Oliveira, em Vacaria, terá um novo ambulatório na especialidade de urologia, por meio do programa do Governo do Estado Assistir. O anúncio do serviço foi realizado pela secretária da Saúde, Arita Bergmann, em visita à instituição, nesta quarta-feira (16/03). O Hospital recebeu um aumento de 165% nos repasses de incentivos estaduais pelo Assistir, passando de um contrato anual com a Secretaria da Saúde (SES) de R$ 1,6 milhão para R$ 4,4 milhões anuais. "Valorizamos os hospitais que fazem entrega concretas para a população, baseados em critérios técnicos e equidade, como este em que estamos", falou a secretária. "O Governo do Estado coloca recurso onde de fato ele chega aos cidadãos. A demanda reprimida para a urologia é muito grande na região dos Campos de Cima da Serra", completou Arita. A secretária também anunciou o repasse de R$ 150 mil do Tesouro do Estado para a aquisição de três equipamentos de hemodiálise.

O Nossa Senhora da Oliveira oferece, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), os serviços de porta de entrada de urgência e emergência, maternidade e leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e de Cuidados Intermediários (UCI). Começará, em breve, os atendimentos nas especialidades de cirurgia geral e de traumato-ortopedia. Está em análise, ainda, também por meio do Assistir, a implementação dos ambulatórios de ginecologia e cardiologia.

A diretora do Hospital Nossa Senhora da Oliveira, Adelide Canci, disse que receber a visita da secretária Arita e os recursos recebidos pelo Governo do Estado são sonhos concretizados. "Costumamos criticar quando se faz injustiça e esquecemos de elogiar quando se faz justiça. Hoje precisamos celebrar a verdadeira justiça realizada pelo Governo do Estado. Mais recursos e mais possibilidades de serviços oferecidos à população torna o hospital mais resolutivo e com menos necessidade de mandar pacientes para outros lugares", disse a diretora.

O deputado Búrigo disse que a secretária Arita Bergmann e a equipe diretiva da SES São referências positivas da gestão em saúde, independente de partido político. Ele acrescentou que o Hospital de Vacaria realiza um serviço de excelência: "cada centavo aplicado aqui é valorizado pela população".

Outras demandas
Na ocasião, a secretária Arita anunciou que será realizado um estudo técnico de um pleito da direção do hospital e de gestores municipais: a implantação do serviço de oncologia no Nossa Senhora da Oliveira. "A distância do atendimento de casos de câncer aqui na região de Vacaria justifica o investimento", defendeu a secretária. Projetos do hospital serão analisados pela gestão estadual.

Para a reforma da maternidade do Hospital, a equipe da SES irá apresentar a proposta de inclusão do repasse de R$ 1 milhão na terceira fase do programa Avançar na Saúde ao governador Eduardo Leite. A definição deverá ser apresentada nas próximas semanas.

Fechando as tratativas de melhorias dos serviços públicos de saúde na região dos Campos de Cima da Serra, a secretária Arita Bergmann pediu aos gestores municipais para incluírem Vacaria no programa TeAcolhe, como um centro de referência regional no atendimento e acolhimento às famílias das pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo.

O secretário de Saúde de Vacaria, Silvandro Porto da Fonseca, parabenizou o trabalho da equipe da SES na pandemia e agradeceu pelo programa Assistir, que garante retorno financeiro às instituições hospitalares que se dedicam a salvar vidas. "Vamos conseguir organizar os serviços de traumatologia, urologia e cirurgia geral, problemas antigos da região".

A secretária visitou as instalações do hospital e conheceu as reformas que foram feitas com aporte de recursos estaduais. Nos últimos 10 anos, a instituição recebeu um total de R$ 6,1 milhões do Tesouro do Estado referentes à Consulta Popular. Destes, R$ 1 milhão foram pagos pelo atual Governo do Estado, e usados na reforma da urgência e emergência e na aquisição de um equipamento de raio-x.

POR MARILIA BISSIGO/SES

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais