Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Milho segue em desenvolvimento no Estado

por Aldoir Santos
Foto: Divulgação/Emater

O milho segue em desenvolvimento em todo o Estado, com a maior parte das lavouras (40%) na fase de enchimento de grãos. Nas regiões de Santa Rosa e Frederico Westphalen, respectivamente, 3% e 2% das áreas já foram colhidas. De acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado pela Emater/RS-Ascar, em convênio com a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), a implantação da cultura do milho no RS chegou a 94% da área de 777.442 hectares da intenção de plantio no Estado. Atualmente, 30% das lavouras estão na fase de desenvolvimento vegetativo, 19% em floração, 40% em enchimento de grãos e 11% em maturação. Já as áreas que estão sendo implantadas se localizam nas regiões de Bagé e Pelotas.

No geral, as lavouras de milho apresentam bom desenvolvimento, boa aparência e baixo índice de ataque de pragas e de incidência de doenças. Na região de Caxias do Sul, o acentuado déficit hídrico ocorrido na primeira quinzena de dezembro afetou o rendimento das lavouras em fase de floração. Na de Frederico Westphalen, a cultura segue com bom aspecto, apesar de algumas áreas apresentarem sintomas de estresse hídrico. Na Regional da Emater/RS-Ascar de Ijuí, 98% da área prevista para a safra está semeada e a cultura tem apresentado variação no potencial produtivo em virtude da variabilidade do volume de chuvas que ocorreram na região. As áreas cultivadas com irrigação e aquelas em que houve chuvas com excelente volume de precipitação têm colaborado para minimizar os impactos da redução da produtividade na região.

Soja - O plantio da soja no RS alcançou 97% da área prevista para a safra de 5.978.967 hectares. Das lavouras com a cultura, 91% estão na fase de desenvolvimento vegetativo e 9% em floração. Na Regional da Emater/RS-Ascar de Ijuí, as áreas de lavouras situadas ao Norte, que correspondem a um terço da área cultivada na região, mantêm-se com bom desenvolvimento em decorrência das precipitações favoráveis à cultura. Nas demais áreas da Regional, formada pelos Coredes Noroeste Colonial e Alto Jacuí, as lavouras enfrentam menor aporte de chuvas, situação que tem comprometido o bom desenvolvimento da cultura.

Fonte: Emater

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais