Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Aplicadores do herbicida 2, 4 D devem fazer cadastro na SEAPI ou Inspetorias Veterinárias

por Aldoir Santos

O governo editou duas instruções normativas para regular a aplicação dos defensivos hormonais

Na região a aplicação do 2,4 D ocorre principalmente para a dessecação das áreas para o plantio de soja (foto: divulgação)
Foto: Divulgação

Os produtores rurais que pretendem utilizar defensivos hormonais como é o caso do herbicida 2,4 D deverão preencher um cadastro que está disponível no site da Secretaria Estadual de Agricultura no link cadastro do aplicador ou então nas sedes das Inspetorias Veterinárias. Esse documento é uma das exigências de duas instruções normativas editadas pelo governo do estado para evitar que a deriva desses defensivos provoquem prejuízos em outras culturas. O setor de fiscalização seguirá atuando dentro da rotina do órgão ou então a partir de denúncias. O cadastro está disponível desde 16 de julho.

O aplicador do defensivo precisará passar por uma treinamento de boas práticas agrícolas. Este curso deverá ser no mínimo de 16 horas entre teóricas e práticas. Esta IN vale para 24 municípios gaúchos, dentre estes, Vacaria, Monte Alegre dos Campos e Ipê na região. A fiscal estadual agropecuária Liese Vargas esclarece que a outra instrução normativa , a de número 05, trata sobre o termo de conhecimento dos riscos e responsabilidades e está vinculada a emissão da receita agronômica.

O herbicida 2,4 D é utilizado para controle de pragas em plantas de folhas largas. Na região a aplicação ocorre principalmente para a dessecação das áreas para o plantio de soja. Isto ocorre no mesmo período de brotação das frutíferas que é um das culturas sensíveis ao herbicida.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais