Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Coleta seletiva: vereador diz que Administração defende fantasia para não se incriminar

Baixar Áudio por Ricardo Silva

Segundo Ranyeri Bozza (PDT), agentes políticos tentam enganar a população

Um embate entre a Administração Municipal e a Novo Mundo, responsável pelo recolhimento do Lixo em Lagoa Vermelha, gerou confusão quanto a efetividade da coleta seletiva no município. A empresa defende que o lixo reciclável e os resíduos orgânicos sejam levados em dias distintos. Já a Administração diz que todo o lixo deve ser coletado, independente do dia.

De acordo com o vereador da oposição, Ranyeri Bozza (PDT), integrante da CPI do Lixo, a Administração tem interesse em defender o modelo de coleta no qual se levam todos os resíduos no mesmo caminhão.

“Há uma preocupação, por parte dos agentes políticos, que isso gere uma autoincriminação. É por isso que tenta-se defender essa fantasia, essa retórica, de uma forma tão estapafúrdia. Porque acaba corroborando para aquilo que vinha sendo apontado pela população, pela Câmara de Vereadores, e vem sendo investigado pelo próprio Ministério Público”.

Bozza explica que o modelo da coleta do lixo é um dos pontos contestados pela CPI do Lixo, que investiga contratos com a empresa Adeva, antiga responsável pela coleta em Lagoa Vermelha. Ele informa que o contrato exigia um caminhão para coletar o lixo seco e outro para o orgânico, mas que ambos os veículos levavam os dois tipos de materiais misturados.

“Se o município contratou a coleta seletiva e a coleta seletiva não vinha sendo realizada, no monto em que a empresa Novo Mundo se propõe a fazer essa coleta seletiva, se cria um problema de orem política na Administração Pública, que tem reflexo direto na CPI. Porque para se defender das acusações, os investigados nessa CPI criaram uma fantasia, uma retórica, tentando de alguma forma enganar a população e vereadores. Tentando vender a ideia de que o lixo é coletado de forma seletiva em Lagoa Vermelha”, afirma.

O parlamentar informou que o contrato mantido com a Adeva é o mesmo utilizado hoje, com a Novo Mundo, mas que antes não havia campanhas informativas para que a população soubesse quando cada tipo de resíduos deveria ser descartado. Ouça a entrevista e saiba mais.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais