Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Em situação precária, Estação Meteorológica de Lagoa Vermelha completará 110 anos

Baixar Áudio por Luiz Calderan

Você sabia da existência desse local? A estação gera dados de monitoramento e análise da previsão do tempo e do clima

Um espaço mais do que centenário. Que passa despercebido, em uma das principais avenidas da cidade. Que caiu no esquecimento, principalmente pelos responsáveis por amparar o local, já que sem eles, não há como a manutenção ocorrer sozinha. A Estação Meteorológica do INMET em Lagoa Vermelha completa 110 anos no mês de junho, e recebe poucos olhares pela relevância do seu serviço, história e identidade local. 

E não é como se a área, localizada na Av. Presidente Vargas (ao lado da Corsan), estivesse desativada. Ela opera normalmente. Hoje, com apenas uma funcionária. Pamela Bittencourt Falkenback é observadora da estação, e herdou do pai a coragem e missão de coletar os dados meteorológicos do município. Conforme Pamela, a estação gera dados fundamentais de monitoramento e análise da previsão do tempo e do clima. Informações como a temperatura do ar do momento, temperatura úmida, temperatura máxima, insolação e evaporação são registradas para auxiliarem a compreensão do que se passa no céu e nos ares de Lagoa Vermelha. 

A observadora deixou evidente que é necessário haver o ser humano realizando esses serviços, tendo em vista que alguns dados executados por equipamentos automáticos podem ocasionar possíveis erros. Esses dados são repassados para o INMET de Porto Alegre, que posteriormente chegam até Brasília e ficam disponíveis no site do Instituto.

E quando uma ferramenta fica inutilizada, o reparo é demorado. “Há quatro anos tivemos uma forte chuva de granizo que danificou os nossos termômetros de solo. Depois do ocorrido, nenhum tipo de manutenção aconteceu e estamos até hoje sem esse equipamento”, comenta Pamela. O termômetro fornecia informações precisas sobre a temperatura e condição do solo, e servia como uma base para a organização de produtores agrícolas e demais serviços que dependem das condições climáticas. A falta de valorização do espaço e os frequentes cortes de verbas favorecem a situação precária da estação. 

Recentemente, foi abordada a possibilidade da estação integrar um roteiro turístico do município, devido o seu destaque de mais de um século em operação. Pamela falou que ações como essa ajudam a preservar a história e consideração pelo espaço. Se interessou? ouça a entrevista completa. 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais