Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Com a crise, 21% dos pequenos negócios ficaram impedidos de trabalhar em função dos decretos, e impossibilidade de adaptar o modelo de serviço

Baixar Áudio por Ricardo Silva
Foto: Ricardo Silva/Tua Rádio

A crise do novo Coronavírus acarretou em uma série de prejuízos para os pequenos empresários. Segundo o Monitoramento dos Pequenos Negócios realizado pelo Sebrae, 21% dessas empresas estão fechadas em função das restrições previstas nos decretos, e na impossibilidade de o serviço ser adaptado a outro tipo de plataforma.

Das que permanecem abertas, 40% precisaram adaptar a estrutura para continuar operando; 17% recorram à internet para manter o serviço e 12% passaram a trabalhar através de delivery e takeaway.

Houve também queda no faturamento dos pequenos negócios. Segundo o estudo, 76% das empresas foram impactadas negativamente; para 48% delas, a queda no faturamento foi superior a 50%.

Em função disso, foi registrado o aumento de busca por crédito e capital de giro. No entanto, 59% dos empresários não conseguem acessar os empréstimos, em função de não conseguirem comprovar que conseguiriam quitar a dívida.

Segundo analista de Relacionamento com o Cliente do Sebrae, Aline Gross, o sistema tem realizado milhares de atendimento à pessoas que buscam por orientação de como contornar a crise, e outros que vislumbraram oportunidades de empreender. Ouça a entrevista.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais