Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Recanto da Compaixão Frei Salvador, em Caxias, inaugura primeiro pavimento nesta quarta-feira

por Pablo Ribeiro

O Recanto da Compaixão será uma ILPI (Instituição de Longa Permanência para idosos) - moradia para 125 idosos em situação de vulnerabilidade. É o maior projeto social filantrópico do Estado do Rio Grande do Sul e um dos maiores do Brasil, neste segmento

Foto: Recanto da Compaixão/Divulgação

A inauguração do primeiro andar do Recanto da Compaixão Frei Salvador ocorre nesta quarta-feira, 29/11, às 17h. Na ocasião, o presidente da Associação Mão Amiga e idealizador do projeto, Frei Jaime Bettega, descerra a fita inaugural da obra. A atividade contará com a presença de autoridades e será aberta à comunidade.

A entrega foi possível após a liberação do recurso financeiro de R$ 3 milhões do programa de incentivo fiscal, o Pró-Social. Com a entrada financeira acelerou-se o trabalho para garantir a finalização das etapas de reforma e ampliação do prédio histórico de Caxias do Sul.

O processo de conclusão das etapas do projeto arquitetônico também recebeu forte apoio do setor privado e da comunidade com doações importantes que permitiram a colocação do telhado, incremento na instalação elétrica, instalação de elevador, caixas de abastecimento de água e colocação de placas para a captação da energia solar.

O Recanto da Compaixão será uma ILPI (Instituição de Longa Permanência para idosos) - moradia para 125 idosos em situação de vulnerabilidade. É o maior projeto social filantrópico do Estado do Rio Grande do Sul e um dos maiores do Brasil, neste segmento. Nasce a partir da urgência em encontrar respostas para as dores de pessoas que envelhecem sem apoio da família, no contexto de abandono, pobreza e solidão de muitos idosos. No novo lar, os idosos poderão desenvolver atividades físicas e lúdicas, receber cuidados especiais, nutrição adequada e acompanhamento profissional em tempo integral. O lar desenvolverá o convívio e valorizará a individualidade de cada um.

O Recanto da Compaixão é um projeto da Associação Mão Amiga – entidade social reconhecida pelo relevante trabalho na área social do município e que atua desde o ano de 2009 com múltiplos públicos em mais de 20 projetos, muitos deles em parceira com a Fundação de Assistência Social (FAS).

Estrutura

Com espaço físico de 3.320,95 metros quadrados, o Recanto da Compaixão contará com suítes separadas por alas masculina e feminina, postos de enfermagem, cozinha industrial, refeitório, espaço para orações, terapia ocupacional, sala de estar, jogos, televisão, sala de visitas, espaço ao ar livre, áreas administrativas e de serviço, bem como consultórios, área de isolamento e espaço para fisioterapia, que trará conforto e qualidade de vida a 125 idosos.

Inovação

O novo lar de idosos já nasce inovador, sustentável e ecológico. Inova ao se constituir moradia estruturada com a experiência de outras ILPIs da região buscando na solução das “dores comuns” alternativas viáveis como a instalação de elevador para macas, corredores amplos, piso aquecido nos banheiros para evitar adoecimento dos usuários, espaço de convivência ecumênico, jardins e acesso para ambulância. Nasce sustentável com programas voltados à manutenção financeira do projeto como o apadrinhamento, refeição para a maturidade e lavanderia, bem como já inicia ecológico com geração de energia solar, reaproveitamento da água da chuva e o programa permanente Cartela do Bem que dá destino correto aos blisters dos medicamentos.

Prédio histórico

O prédio que abriga o Recato da Compaixão Frei Salvador deixou de ser ocupado pelo INSS quando o Instituto passou a funcionar na Rua Visconde de Pelotas. A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Cinquentenário e o Centro Especializado em Saúde (CES) do município também operaram no espaço, mas mudou de endereço entre o final de 2010 e início de 2011. Em 2017, o governo federal repassou a estrutura ao município que destinou o espaço à Associação Mão Amiga. Na Câmara, os vereadores aprovaram a cessão de uso do imóvel com validade de 10 anos, podendo ser prorrogada por outros 10. O custo com a administração dos futuros serviços e a reforma são arcados pela associação.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais