Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Banda de Lagoa Vermelha, Red Lake está finalizando faixa de estreia

Baixar Áudio por João Pedro Varal Tartari

"Grey Rooster" é um blues inspirado em uma expressão gaúcha

A banda de blues Red Lake, original de Lagoa Vermelha, mas que já passou por Marau, está finalizando sua primeira gravação oficial em março. “A previsão de lançamento é para o final deste mês ou para o começo do mês que vem [abril]”, confirmou o baixista do trio, João Gabriel, ao Página Rosa, “a gente vai tentar adiantar o mais cedo possível, até porque a gente está muito ansioso”. 

O single está na fase de mixagem e masterização. “Ele já teve uma pré-mix. A gente já teve acesso a essa pré-mix, então, assim, a gente ouviu. Está ficando muito legal, bem do jeito que a gente gostaria. E a gente está ansioso para ouvir a mix e a master logo, para botar na rádio, botar nas redes sociais e tudo mais.”  

A faixa recebe o título “Grey Rooster” – adaptação em inglês da expressão da linguagem popular gaúcha “Galo Cinza”. “Mais do que reconhecer o galo cinza, nós nos identificamos com ele, superando os desafios do cotidiano e da indústria da música”, afirma o baixista. 

Ela deve chegar em forma digital nas plataformas de streming, além de ganhar um clipe no YouTube. “Vamos disponibilizar o pré-save para o pessoal também, para todo mundo que quiser receber a notificação quando a música sair.”

Composição destemida 

“Galo cinza” representa uma pessoa batalhadora e destemida... E o próprio gênero do single deve trazer algumas ousadias com relação às interpretações já tradicionais da Red Lake. “Apesar de nós sermos uma banda que se identifica como texas blues (um estilo mais pesado de blues, com mais guitarras), a ‘Grey Rooster ela é um pouco mais pesada.” 

O blues é um gênero musical originado no Sul dos Estados Unidos. Ele tem raízes na população negra do país do final do Século XIX, bem como influências das tradições africanas e das canções de trabalho. 

A nova faixa, deve se alinhar com a tendência blues power ou power blues-rock. “A gente pode dizer que a ‘Grey Rooster’ é um blues power, porque ela é um blues, só que ela é bem pesada, a afinação é baixa, tem um fuzz ‘cabuloso’ na música”, explica João. 

O fuzz se refere ao tom alterado e abafado de alguns instrumentos. Ele é uma distorção extrema que surgiu na década de 60 com o uso de equipamentos defeituosos, sendo reproduzido de forma eletrônica. A característica é comum ao power blues-rock, junto de fortes riffs de guitarra e de vocais crescentes, que se tornam mais agudos com o andamento.

Tirando do forno 

A nova faixa está sendo produzida com recursos da Lei Paulo Gustavo e veio de uma vontade da banda de ter a própria composição. “A ideia do single surgiu da nossa vontade de produzir a música própria, com nosso estilo e nossa pegada”, afirma João. 

O trabalho é resultado de muita experimentação anterior da Red Lake. “Sempre que a gente toca um cover, a gente nunca toca 100% igual, à música. A gente coloca, sempre, a nossa versão, o nosso DNA. Então, a gente quis botar esse single no forno e fazer a nossa música autoral, com as nossas características.” 

E tem outras novidades vindo por aí. “A gente vai começar a produzir um álbum. Porque, agora que a gente colocou o pé no acelerador com o single, a gente não pode tirar o pé. Então, a gente já está se preparando, também, para começar a compor e gravar um álbum.” 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais