Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Servidores do Fórum de Marau aderem à paralisação da categoria

Baixar Áudio por Camila Agostini

Protesto ocorre, principalmente, por conta de Projeto de Lei que estingue cargo de oficial escrevente

No Fórum de Marau, somente medidas urgentes são cumpridas até que os servidores da Justiça estadual decidam pelo fim da greve. Segundo as escreventes, Gilvane Gasparin e Andreia Cristina Vogt, por conta da legislação vigente, 30% dos serviços oferecidos devem permanecer em vigência e por isso, os trabalhos cartorários se mantém, assim como, as audiências previamente agendadas.

A paralisação iniciou na terça-feira, 24/09. Dias antes, em assembleia geral da categoria realizada em Porto Alegre,  cerca de 500 servidores do judiciário gaúcho votaram a favor da greve. De acordo com o Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado trata-se de uma reação ao projeto de lei que extingue os cargos de oficial escrevente do quadro funcional. Segundo Andreia Vogt - ouça entrevista no player de áudio - são mais de 3.500 cargos que poderão ser extintos, caso o projeto que tramita na Assembleia Legislativa seja aprovado.  A servidora explica, ainda, que o protesto decorre também da insatisfação quanto à inexistência de um plano de carreira para a valorização do trabalho da classe.

O Sindicato apresentou proposta de alterações do Projeto de Lei. As mudanças sugeridas foram encaminhadas para a presidência do TJ-RS. Agora, os servidores aguardam resposta do Tribunal para decidir sobre a continuidade ou fim da paralisação.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Alvorada

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais