Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Operação Paquistão investiga facção que cometeu assaltos violentos na região de Passo Fundo

por Camila Agostini

Investigação iniciou em 2019, quando a empresa BRF, de Serafina Côrrea, foi alvo de roubo aos caixas eletrônicos

Foto: Reprodução / Polícia Civil

Na manhã desta quinta-feira, 04/02, a Polícia Civil, através da DRACO - Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, coordenada pelo delegado Diogo Ferreira, deflagrou a Operação Paquistão, com objetivo de reprimir organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas e roubos. Foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de Guaporé, Soledade, Alvorada, Porto Alegre e Bento Gonçalves.

A investigação começou em 01/10/19, quando a empresa BRF, localizada na cidade de Serafina Côrrea, foi alvo de roubo aos caixas eletrônicos. Os criminosos foram violentos e agrediram funcionários que trabalhavam na empresa. Os criminosos utilizaram um veículo Sandero, furtado em Porto Alegre, para a fuga. O carro tinha placas clonadas e foi abandonado, posteriormente.

Com apoio da Polícia Civil de Guaporé, foram identificados cinco dos setes criminosos que atacaram os caixas eletrônicos. Na época, durante as investigações, um dos criminosos foi preso em flagrante, na capital Porto Alegre, onde foram apreendidas também duas armas de fogo e munições.

No entanto, a investigação prosseguiu para identificar os demais integrantes da organização criminosa, que é sediada na cidade de Guaporé. A investigação identificou a pessoa responsável por fornecer camisetas falsificadas da Polícia Civil ao grupo de criminosos. 

Segundo a Polícia Civil, “as facções trazem pânico e medo a sociedade, pois praticam crimes indiscriminadamente, sempre possuindo informações privilegiadas, principalmente nos roubos, e com esses valores fomentam a compra de armas de fogo e droga para fortalecer o grupo criminoso e assim o ciclo de violência aumenta cada vez mais”.

Ainda conforme a polícia, o líder da organização está recolhido na PASC (Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas), mas mantém o comando do grupo, determinando crimes a serem praticados, destino dos valores, alvos a serem atacados, entre outros.

Durante as buscas desta quinta-feira, 04/02, além das prisões, foram apreendidos aproximadamente 200 gramas de maconha, balança de precisão e R$ 1.200,00.

As ações tiveram apoio de Delegacias das regionais de Passo Fundo, Soledade, Lajeado e da 1ªDR/DEIC - 1ª Delegacia de Repressão a Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais do Rio Grande do Sul.

Informações e foto: Polícia Civil

Colaboração: Bruno Reinehr/Rádio Planalto News

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais