Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Atendimentos aos clientes que buscam informação sobre o pedágio de cobrança automática aumentam em 71%

por Pablo Ribeiro

Concessionária CSG disponibiliza oito locais para suporte em Ipê, Flores da Cunha, Farroupilha, São Sebastião do Caí e Capela de Santana

Foto: CSG/Divulgação

A Concessionária Caminhos da Serra Gaúcha (CSG) registrou um aumento de 71% na primeira quinzena de abril em relação ao mesmo período de março na procura por informações e auxílio sobre os pedágios de cobrança automática no Rio Grande do Sul. A empresa conta com canais para suporte aos motoristas e passageiros que transitam pelos 271,5 km de rodovias concedidas nas regiões do Vale do Caí e da Serra Gaúcha. Sejam pontos físicos, como as oito bases de atendimento ao cliente, ou digitais e ainda por meio de telefone.

Nas oito bases de atendimento ao cliente, espalhadas na ERS-122, RSC-453 e ERS-240, a demanda praticamente dobrou em relação a fevereiro. Nestes locais está sendo feito o suporte presencial para informações e orientações para uso dos aplicativos e pagamento da tarifa do pedágio e recebimento através dos meios eletrônicos (cartões de débito e crédito ou Pix). Temporariamente, o valor também está sendo recebido em dinheiro. Além disso, as bases também dispõem de água, local para descanso e sanitários, tomadas, internet e totem de autoatendimento para pagamento do pedágio free flow.

Os pontos estão localizados nos municípios de Ipê, Flores da Cunha, Farroupilha, Bom Princípio, São Sebastião do Caí e Capela de Santana. A partir de maio, Capela de Santana passará a ter mais uma base de atendimento, completando nove unidades.

Segundo dados da empresa, as Bases de Atendimento ao Cliente receberam, em média, 75 pessoas por dia no início da cobrança eletrônica, e foi reduzindo para cerca de 40 atendimentos diários na última semana. A CSG informa que, tanto nos pontos de apoio como nos demais meios, os motoristas procuram tirar dúvidas sobre as formas de pagamento, como fazer o cadastro e para checar a situação das placas inseridas na plataforma.

Uma das principais dúvidas que são atendidas é dos motoristas que possuem tag ativa, mas buscam, mesmo assim, ajuda por não conseguirem visualizar os débitos junto à plataforma da CSG.

A CSG reforça que as tags aceitas no pedágio free flow são as mesmas das praças de pedágios convencionais do país.

Desde o início da operação dos últimos cinco pórticos foi registrada uma média de 230 atendimentos por dia nas 15 linhas disponíveis do telefone 0800 122 0240. Mais de 100 mil motoristas se cadastraram nas plataformas da CSG (site e app). Outro ponto de contato com os clientes é através da ouvidoria por meio do mesmo canal de contato.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais