Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Com tom conciliador, Ernani Polo (PP) assume presidência da Assembleia Legislativa do RS

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

O deputado também defendeu as reformas e incentivos para aumentar a competitividade do Estado no campo dos negócios

Foto: Divulgação / Vinicius Reis - AL-RS

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul passou a ter um novo comando nesta segunda-feira (03) com a eleição do deputado Ernani Polo (PP) pra presidente da Mesa Diretora. Polo assume o cargo até 31 de janeiro de 2021.

A sucessão da Mesa Diretora faz parte do acordo pluripartidário firmado entre as quatro maiores bancadas do parlamento: PTB, PP, MDB      e PT. O acordo prevê que um representante de cada sigla seja o presidente da Casa por um ano, sendo que o período normal seriam dois anos para cada Mesa Diretora.

Polo assume no lugar do deputado Luís Augusto Lara (PTB), que se despediu do parlamento destacando a votação da reforma estrutural do RS, a implantação do programa Cresce RS e a aproximação com o Executivo estadual. Já, Polo adotou um discurso conciliador dizendo que vai se comunicar com todos os setores da sociedade: O campo me ensinou que precisamos fazer da melhor maneira possível aquilo que está ao nosso alcance. E é nesse trabalho sério e realista que queremos aprimorar ainda mais o vínculo da Assembleia com a sociedade gaúcha. Ao subir nesta tribuna, de um poder de Estado, quero lembrar, antes de tudo, da essência da nossa missão: a representação popular. Nós, deputados, somos quadros políticos singulares, mas estamos aqui em nome da sociedade gaúcha – que é plural, diversa e ampla. Acima de nossas individualidades, vem o interesse público”.

Ele ainda ressaltou que vai defender o agronegócio devido à importância que o setor representa para o desenvolvimento do Estado. Temos um solo fértil, um clima como em poucos lugares do mundo e uma cultura de amor ao trabalho. Nossa agropecuária é vasta e diversificada. somos, especialmente no agro, exemplo para o país. De Sul a Norte, o desenvolvimento brasileiro tem as mãos de gaúchos. Temos uma escola de progresso dentro de casa – e precisamos parar de perder talentos. Atrair investimentos de fora, sim, mas antes manter o que já temos e incentivar a evolução das cadeias produtivas locais em todas as áreas”, defendeu.

Ernani ainda destacou por várias vezes em seu discurso que é preciso aumentar a competitividade do RS. Por isso, escolhemos como tema central da nossa gestão o estímulo à competitividade. Alguém pode até estranhar que a Assembleia traga essa pauta como prioridade. Nosso objetivo é que o Parlamento, sem desmerecer o bom debate democrático, esteja também próximo da economia e de mudanças que gerem resultado no dia a dia da sociedade. Uma das nossas metas centrais, em plena era digital, é diminuir a burocracia e estimular a simplicidade”, destacou.

Polo é natural de Ijuí e possui formação em Direito pela Ulbra. Em dezembro de 2011 assumiu uma cadeira na Assembleia Legislativa.  Foi eleito, de fato, em 2014 e no ano seguinte se tornou Secretario de Agricultura, Pecuária e Irrigação. Em 2018 reassumiu o mandato no parlamento e no mesmo ano foi reeleito novamente. Foi o 8º deputado mais votado e o 2º dentro do PP.

Além de Ernani Polo, também compõem anova Mesa Diretora os deputados:
1º Vice-presidente: Zé Nunes (PT)
2ª Vice-presidente: Franciane Bayer (PSB)
1º Secretário: Gabriel Souza (MDB)
2º Secretário: Dirceu Franciscon (PTB)
3ª Secretária: Zilá Breitenbach (PSDB)
4º Secretário: Luiz Marenco (PDT)

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários