Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Decreto gera polêmica ao regulamentar a cobrança de ISS e taxas correlatas na construção civil

por Nayam Franco

O decreto prevê a antecipação do pagamento do Imposto Sobre Serviços

Altair Hoerlle, presidente da ACIS.

O decreto regulamenta que o Imposto Sobre Serviços (ISS), bem como as taxas correlatas de Aprovação de Projetos, Licença de Construção e Habite-se, deverão ser lançadas pelo Fisco Municipal e recolhidas pelo contribuinte antecipadamente, no momento da análise e aprovação do projeto protocolado.

O tema gerou debate na Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Soledade entre construtores, engenheiros, arquitetos e empresas que vendem material de construção, que se reuniram nesta segunda-feira, 17/08, pra discutir o assunto.

"Hoje a população está com dificuldade em fazer obras, em construir. Esse decreto vem trazer pra qualquer pessoa que vai fazer sua obra diversos contratempos", relatou Altair Hoerlle, presidente da ACIS.

O decreto regulamenta ainda que todos os valores devidos a título de ISS e Taxas serão calculados no momento do protocolo e deverão ser recolhidos pelo contribuinte antecipadamente à analise formal do projeto.

Segundo Altair, "quem tá sendo muito prejudicada é a população de forma geral. As pessoas precisam ter um grande conhecimento pra poder reclamar o seu direito. Isso tá errado".

Para a ACIS, o decreto dificulta muito a economia municipal. "Nós vamos procurar o executivo municipal. Ninguém nos chamou pra discutir se era viável ou não e agora a associação vai fazer a análise jurídica desse decreto. Um estudo sobre o decreto pra ver se ele está embasado dentro da constituição".

Ouça a entrevista com o presidente da ACIS, Altair Hoerlle.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais