Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Possível prorrogação de contrato com a Visate gera insatisfação na Câmara de Vereadores

Baixar Áudio por Luiz Fernando

Assunto foi levado à sessão pelo presidente da Comissão de Transporte, Wagner Petrini (PSB).

Foto: Divulgação

O prefeito Adiló Didomenico (PSDB) cogita a possibilidade de prorrogar o contrato com a Visate, que expira no dia 12 de maio. O prazo é resultado da prorrogação de um ano, concedida em 2020.

Na época, o assunto foi tema de debate entre os vereadores. Alguns consideraram o prazo muito extenso. Entretanto, a administração Cassina alegou que seria um tempo adequado pela complexidade do assunto.

Porém, a possibilidade de uma nova extensão gerou indignação na sessão da Câmara de Vereadores desta quinta-feira (11). O presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano, Transporte e Habitação (CDUTH), Wagner Petrini, definiu como falta de transparência o andamento da nova licitação. O parlamentar cobra responsabilidade da Prefeitura e da Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMTTM).

Para Denise Pessôa (PT), uma nova extensão é motivo para preocupação. Ela relembra os debates realizados em 2020, quando a SMTTM alegou que o processo de licitação estava encaminhado, e o trâmite deveria ser resolvido em até seis meses.

O longo tempo que esse assunto é discutido foi lembrado por Elisandro Fiuza (Republicanos). Ele relembrou que a extensão do vínculo foi aprovada para que usuários não ficassem desprovidos do serviço. Para o vereador, não é possível conceder uma nova prorrogação. Por fim, reforça a importância de que um novo edital seja lançado na cidade.

Também se manifestaram os vereadores Felipe Gremelmaier (MDB), Adriano Bressan (PTB) e Olmir Cadore (PSDB).

Gremelmaier sugeriu que o município se reúna com o Tribunal de Contas do Estado (TCE), para saber sobre o andamento da minuta do edital da licitação. Além de cobrar que processo seja acelerado. A sugestão foi acatada por Bressan. Cadore, líder de governo no Legislativo, garantiu que vai abordar o assunto com o prefeito.  

(Acompanhe a reportagem em ouvir notícia)

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais