Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Entidades assinam protocolo de intenções para a execução de projetos prioritários para o desenvolvimento de Caxias

por Pablo Ribeiro

Câmaras temáticas discutirão três projetos classificados como emergenciais: infraestrutura, turismo e atração de investimentos

Foto: Pablo Ribeiro

Preocupadas com a perda de dinamismo da economia de Caxias do Sul e com a proposta de pensar num projeto de desenvolvimento para o município, lideranças empresariais assinaram um protocolo de intenções para a execução de projetos considerados prioritários para o crescimento da cidade. O evento ocorreu na manhã desta quinta-feira (23), na Universidade de Caxias do Sul (UCS) e contou com a presença de representantes das entidades que fazem parte do “Mobilização Por Caxias” (MobiCaxias), lançado em 2017.

No ano passado, 13 projetos que contribuem para o desenvolvimento de Caxias do Sul, foram contemplados. Destes, três projetos foram classificados como prioritários e emergenciais: infraestrutura, turismo e atração de investimentos.

O primeiro projeto prioritário é o de infraestrutura, abrangendo a restauração dos acessos rodoviários de Caxias; duplicação Farroupilha/São Vendelino; duplicação da Rota do Sol (Caxias/BR-101); modernização do Aeroporto Hugo Cantergiani, além da participação ativa na definição da melhor forma de utilização do acervo da MAESA (Metalúrgica Abramo Eberle).

O segundo projeto classificado como emergencial é o de turismo, na qual busca privatizar a gestão do Parque da Festa Nacional da Uva.

Por fim, o terceiro projeto busca a atração de investimentos para o município, visando a desburocratização e agilidade na abertura e fechamento de empresas, além de incentivos fiscais e apoios governamentais para novos investimentos produtivos e inovadores.

O vice-presidente do MobiCaxias, Astor Schmitt  propôs a instalação imediata de câmaras temáticas que irão discutir os três projetos selecionados. “Todos os projetos são absolutamente válidos. Nestes três selecionados nós vamos nos debruçar de forma imediata. À medida que o tempo avança, evidentemente a pauta será a reafirmação, ou não, deste projetos, ou de outros que devam entrar na pauta. Este é um processo de andar contínuo ”, disse Schmitt . (Ouça o áudio)

O próximo seminário do MobiCaxias ocorre em outubro.

 

Representantes das entidades que assinaram o documento:

- Reomar Slaviero, presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (SIMECS);

- Gelson de Oliveira, vice-presidente do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás);

- Gelson Dalberto, diretor-executivo da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC);

- Renato Corso, vice-presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Caxias do Sul (CDL);

- Oliver Chies Viezzer, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Caxias do Sul (Sinduscon);

- Evaldo Kuiava, reitor da Universidade de Caxias do Sul (UCS);

- Emílio Andreazza, secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego de Caxias do Sul.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais