Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Claquete: O Gambito da Rainha

Baixar Áudio por Eneias Junior

Scott Frank e Allan Scott

Foto: Netflix

A dica de hoje do claquete é o mais novo sucesso da Netflix O Gâmbito da Rainha, eu assisti a série e vou te falar um pouco a respeito! Você vai entender porque ela é boa e porque merece ser assistida! Olha só.

A introvertida Órfã  Beth Harmon descobre que é um prodígio e acaba dominando os jogos de xadrez nos EUA dos anos 60. Mas, o estrelato infantil tem um preço caríssimo e à medida que Beth aprimora suas habilidades no circuito profissional, as apostas ficam mais altas, seu isolamento fica mais assustador e a ideia de escapar torna-se ainda mais tentadora. 

Baseado no livro homônimo de Walter Tevis, O Gambito da Rainha ou “The Queen’s Gambit”  virou fenômeno na Netflix logo de cara. Com 100% de aprovação no Rotten Tomatoes, a minissérie criada por Allan Scott e Scott Frank é uma obra de arte para os olhos com um enredo lento e envolvente. A fotografia que opta pelos tons opacos e movimentos limitados de câmera realmente aumenta a experiência cinematográfica ampliando a percepção nos detalhes mais ricos. Um fato curioso é que a durante as partidas de xadrez da protagonista, os olhos, mãos e peças recebem destaques de iluminação e luz, que te jogam pra dentro das cenas dando mais realidade e emoção a cada movimento. A protagonista vivida por Anya Taylor Joy não é carismática mas é misteriosa quanto aos seus sentimentos e atos a ponto de o espectador comprar as suas brigas, na trama, a evolução das relações pessoais da personagem e no amor dela pelo jogo tornam suas ambições agradáveis, nos fazendo torcer mesmo com o ar de antipatia que ela nos proporciona. Bem dirigida, orquestrada, atuada e ritmada a série nos ganha no primeiro episódio, perfeita para maratonar e ocupar nosso tempo de uma maneira mais intelectual e equilibrada, vale a pena perder umas 7 horas vendo essa verdadeira obra.

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais