Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:00:00
Um Olhar Diferente
12:10:00
 
 

Nova raça de gado de leite ganha destaque em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Animais Illawarra, desenvolvidos na Austrália, fazem parte da propriedade de Leonildo Borsa, na Linha Felix da Cunha

Vacas destacam-se pela quantidade de leite produzido por dia
Foto: Divulgação

Desenvolvida na Austrália, baseada em importações britânicas no século XIX, cruzadas com Longhorn Durhams, Durhams Shortorn, Red Ayrshires, Red Lincoln e Jersey, a raça Illawarra, conhecida pela alta produção diária que pode chegar a 40 litros/dia, começa a ganhar as propriedades rurais no município de Guaporé. Os primeiros exemplares, na Linha Felix de Cunha, estão deixando a família Borsa, conhecida pela atividade leiteira há anos, com maior rentabilidade financeira a cada ordenha. Isso porque, as vacas Illawarra estão produzindo acima do esperado e o período de lactação por ano é maior que as raças Holandesa e Jersey.

A diversidade genética nas raças de gado de leite no município de Guaporé, principalmente pelo trabalho desenvolvido pelo técnico agrícola Evandro Pelizza, é um dos pontos positivos para o aumento na produtividade e maiores ganhos dos produtores rurais, avalia o engenheiro agrônomo da Emater/Ascar-RS, Antônio César Perin.

“Os agricultores estão investindo cada vez mais em suas propriedades rurais. A melhoria na genética do rebanho, com inseminação artificial, tem colaborado com o crescimento na produtividade de leite. Os produtores estão no caminho certo, pois buscam diversificar e qualificar os exemplares. Não há exemplo melhor que o da família Borsa, que há quatro anos investe no melhoramento genético e está colhendo bons frutos”.

As vacas Illawarra, segundo Perin, se adaptam bem a serra gaúcha, devido ao clima ser parecido com a região australiana onde foram desenvolvidas. A raça, que caracteriza-se pela pigmentação escura, tem como principal propósito produzir leite em condições ambientais a pasto.

“Uma vaca Illawarra pode parir com dois anos de idade, e parir regularmente a cada 12 meses, aumentando seu rendimento a cada ano, até chegar a vaca adulta. Muitas têm produzido mais de 60 mil litros de leite ao longo da vida. São animais que chegam facilmente a 40 litros/dia e 300 dias de lactação de 10 mil litros não são incomuns”, salientou Perin.

A qualidade do leite in natura também é destacada. Devido ao teor moderado de gordura e proteína de alto rendimento, a raça está em excelente posição no mercado mundial.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais