Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Palco da história veranense volta a ativa

por Marco Aurélio Santana

Na noite da última sexta-feira (18), aconteceu a solenidade de inauguração da reforma e revitalização da Casa da Cultura Frei Rovílio Costa. O evento não contou com presença de público, devido às regras de distanciamento. Por esse motivo, o ato foi transmitido pelas mídias digitais da Prefeitura de Veranópolis e dos meios de imprensa local.
Estiveram presentes apenas o Prefeito de Veranópolis, Waldemar de Carli, Vice-Prefeito, Rubem Pastore, ex Deputado Federal Mauro Pereira, representante da Câmara de Vereadores Thomas Schiemann, e Secretária de Turismo e Cultura, Diana Alessio Tomiello.
A Casa da Cultura Frei Rovílio Costa já foi palco de diversas histórias e cenário de encontros de intelectuais e políticos, de espetáculos e bailes de gala. Sua trajetória de mais de cem anos leva à década de 1890, quando imigrantes italianos residentes no município criaram a Società Italiana Principe di Piemonte, fundada oficialmente em 1894. A nova entidade se instalou na antiga sede social da Confederazione Italiana, local onde atualmente é a Casa da Cultura. Em 1910, construiu-se em madeira o primeiro salão nobre desta entidade, denominado Salão Silvio Pèllico.
Em 1938, obedecendo às determinações da ditadura do Estado Novo, fundou-se uma nova organização, denominada Sociedade Alfredochavense. Para atender às imposições da nova Constituição, a fachada da edificação foi totalmente reconstruída onde, a partir da década de 1940, passou a contar com fachada em estilo Art Déco, estilo que se preserva até os dias atuais.
Na década de 1990, aconteceu a transferência da Sociedade Alfredochavense para uma nova sede. Foi então que o Centro Cultural de Veranópolis liderou a campanha para a preservação deste prédio. Em 1993, a Prefeitura de Veranópolis, com a intenção de intervir e incentivar a cultura e a memória local, comprou o prédio para sediar a Casa da Cultura.
Em 15 de janeiro de 1998, junto às Comemorações do Centenário de Emancipação Política do Município, foi inaugurada a Casa da Cultura e o Museu Municipal. O edifício foi tombado como Patrimônio Histórico do Município em 2005.
Em 2009, passou a ser denominada oficialmente Casa da Cultura Frei Rovílio Costa, em homenagem ao cidadão veranense, frade capuchinho, antropólogo, escritor e membro fundador do Centro Cultural de Veranópolis.
O prédio da Casa da Cultura possui 1 mil e 500 metros quadrados. Atualmente o espaço conta com Salão Nobre Silvio Pèllico, Salas de Oficinas Mathilde Cerveira Cagliari e Museu Municipal. O Salão Nobre estava fechado desde 2013, devido a questões necessárias de adequação ao PPCI – Plano de Prevenção Contra Incêndio, exigidos a todas edificações.
No período de reformas do salão nobre foram implementadas suas saídas de emergência, reformas gerais no forro, paredes, aberturas, instalação elétrica e piso, sustentação dos camarotes e remodelação do palco. As salas no primeiro piso da casa também passam por um processo de reforma e revitalização, com previsão de término em 2021. As reformas foram realizadas com recursos próprios do Município de Veranópolis e verba do Ministério do Turismo, proveniente de emenda parlamentar do então Deputado Federal Mauro Pereira.
O trabalho de entrega desta Casa e seus espaços culturais não finalizaram, pois nos próximos meses as atividades estarão concentradas na revitalização do Museu. Um plano museológico está sendo construído, onde todas as pessoas puderam participar respondendo a pesquisa para definição da identidade do museu e indicar sugestões para o Plano Museológico. A proposta foi de dialogar com os cidadãos, buscar opiniões diferentes e qualificar ainda mais um dos principais pontos culturais do município.
O dia 18 de dezembro de 2020 entrou para a história do município, quando a Administração Municipal entregou novamente à comunidade de Veranópolis a Casa da Cultura Frei Rovílio Costa, reformada e revitalizada. A partir deste momento, poderá voltar a ser o local de importantes eventos e apresentações no município.
Para marcar essa retomada, o artista Rodrigo Soltton realizou um espetáculo em seu piano de cristal, com diversas músicas que encantaram o público que acompanhou online.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais