Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Guaporenses destacam-se nas finais da Copa Farroupilha

por André Fabio Bresolin

Felipe Gemelli (Sub-14) e Henrique Moroni (Sub-17) defendem o Ceat/Bira, de Lajeado

A cidade de Lajeado, um dos polos que mantêm vivo o sonho de muitos apaixonados pelo basquete no Rio Grande do Sul, sediou nos dias 5,6 e 7 de julho, as finais da Copa Farroupilha. Foram 24 partidas no Ginásio Esportivo do Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat) e no Ginásio de Arena da Univates. Participaram, além das equipes do Ceat/Bira, os selecionados do Projeto Cestinha/SESI Unics, Caxias Recreio, Sogipa, Abacs UCS, Grêmio Náutico União (GNU) e Corinthians. Dois guaporenses, que fazem parte da equipe do Clube Atlético Ubirajá (Ceat/Bira), conquistaram bons resultados. Felipe Gemelli integra o Sub-14 e compete também uma categoria acima (Sub-15). Henrique Moroni é jogador do Sub-17.

Gemelli, que há tempos é atleta do time Lajeadense e chegou a integrar a Seleção Gaúcha de Basquete, concluiu a participação ao lado dos companheiros na quarta posição na categoria Sub-14 e em terceiro na Sub-15. O guaporense é pivô de referência e um dos destaques do Ceat/Bira que, no mês de março, faturou medalhas de ouro e prata da Copa Federação Gaúcha de Basquete (FGB).

“Foram partidas difíceis e, infelizmente, acabamos perdendo nos detalhes. Faz parte do esporte. Agora é erguer a cabeça e continuar treinando. Outros campeonatos virão e nós vamos em busca de títulos. Nem sempre se ganha. Tudo serve de aprendizado e experiência”, disse Gemelli, de 1,86m.

Moroni, integrando o Sub-17 do Ceat/Bira, é o mais novo dos guaporenses em Lajeado. O atleta, junto com os parceiros, ergueu o troféu de campeão da Copa Farroupilha. O garoto atua como ala. Ele destacou a experiência de conquistar o

lugar mais alto do pódio pela primeira vez com a equipe Lajeadense.

“É indescritível a sensação da vitória e da conquista. Mesmo com pouco tempo no time, ainda me adaptando aos treinamentos e à forma de jogo proposta pelo técnico Ubirajar Hertz, incentivei e contribui da melhor forma para que pudéssemos erguer o troféu de campeão. Sigo focado nos treinamentos e aperfeiçoando cada vez mais os fundamentos. Espero dar muitas alegrias aos meus familiares e amigos, que sempre estão me incentivando, e aos torcedores do Ceat/Bira”, disse Moroni.

Os dois jogadores são crias da Associação Guaporense de Basquete (AGB) – Richmond, que desenvolve atividades com meninos e meninas na quadra coberta da Escola Municipal de Ensino Fundamental Imaculada Conceição.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Rede Scalabriniana de Comunicação
Siga-nos no Instagram: @rdauroraguapore

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais