Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Jonatan Álvez sai do banco para dar a vitória ao Inter sobre Caxias na semifinal do Gauchão

por Marco Aurélio Santana
Foto: Divulgação

Pensando na Libertadores, o Internacional colocou um time misto para encarar o Caxias, no Centenário, pelo jogo de ida das semifinais do Gauchão e, após duelo equilibrado, venceu, por 2 a 1. Camilo e Jonatan Álvez marcaram para o Inter, enquanto Foguinho descontou para os donos da casa.

Com o resultado, basta uma vitória simples do Colorado no Beira Rio, na próxima semana, para garantir vaga na grande decisão do Campeonato Gaúcho.

Mesmo com a maioria dos titulares de fora por precaução, o Internacional adotou uma postura ofensiva contra o Caxias. Logo aos cinco, Patrick roubou bola no meio de campo e serviu Wellington Silva, que avançou a passou para Camilo. O meia se livrou da marcação e bateu firme de canhota, mas Luis Cettin fez boa defesa.

A resposta da equipe mandante veio aos 11. Após erro da defesa colorada, Bruno Alves invadiu a área em velocidade, mas Marcelo Lomba saiu abafando e evitou o que seria o primeiro gol da partida.

Apesar de poucas oportunidades claras na partida, o Internacional seguia com uma leve superioridade na posse de bola e buscava as jogadas pelos lados de campo. Aos 20, Tréllez recebeu na área, girou e bateu no alto. Cetin, bem posicionado, voou para fazer a defesa.

De tanto insistir, o Colorado abriu o placar. Após sequência de cruzamentos, a bola chegou até Patrick, que cruzou para Camilo ganhar da marcação e testar para o fundo das redes. A alegria do Inter, porém, durou pouco. Dois minutos depois, Foguinho aproveitou bate e rebate na entrada da área e bateu cruzado, deixando tudo igual no Centenário.

A volta do intervalo, assim como na primeira etapa, foi marcada pelo equilíbrio. O Caxias buscava se manter constante no campo de ataque, enquanto o Inter, quando tinha a bola, buscava a verticalidade de seus extremos.

Pensando no jogo de quarta-feira, quando o Colorado enfrenta o River Plate, o técnico Odair Hellman sacou o volante Patrick, que está voltando de lesão, para colocar o Edernílson.

O primeiro lance de perigo da etapa complementar surgiu aos 16. Guilherme Parede fez jogada individual, passou pela marcação e obrigou Cetin a fazer mais uma grande defesa.

Da metade para o fim da partida, ambas as equipes passaram a trocar, de forma franca, oportunidades de gol. O Caxias teve duas grandes chances para virar o placar. Bruno Alves travou interessante duelo com Marcelo Lomba, melhor para o arqueiro do Internacional, que fez boas intervenções e salvar o time da capital.

A equipe mandante não fez e acabou sendo castigado aos 37. Jonatan Álvez, que recebeu sua primeira oportunidade no ano, recebeu de Neílton em profundidade, limpou a marcação e, com um toque sutil, marcou o gol da vitória colorada em Caxias do Sul.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais