Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Primeiro de abril?

Baixar Áudio por Denise Furlanetto

Conheça a história deste dia no comentário de Frei Aldo Colombo

Foto: Divulgação

São confusas as origens do Primeiro de Abril, Dia dos Bobos, Dia da Mentira, dia em que em que se costuma preparar alguma pegadinha, nem sempre de bom gosto para familiares e colegas. Alguns atribuem esta data a mudanças de calendário. Esta data sempre está próxima à Páscoa. Os judeus condenam Jesus, o crucificaram e colocaram guardas junto ao túmulo. No terceiro dia, Ele ressuscitou, fato que significa o maior primeiro de abril da história.

Algumas brincadeiras de 1º de abril fizeram escola. Há alguns anos, a Rádio Nacional Francesa, em edição extraordinária, anunciou que um Disco Voador havia pousado no Parque de Vincennes, perto de Paris. Em Londres, um jornal deu detalhes sobre uma Feira de Burros num local qualquer. Em ambos os casos, muitos curiosos marcaram presença. Em 1938 uma encenação radiofônica – Guerra dos Mundos - com Orson Wells –anunciou o desembarque de marcianos nos Estados Unidos, com fins belicosos. Houve pânico, inclusive suicídios. No dia 1º de abril de 1828, em Minas Gerais, começou a circular o jornal A Mentira. Sua primeira e falsa manchete foi noticiar a morte do Imperador Pedro !!.

Infelizmente a mentira não está confinada a um único dia do ano. Parecer ser a moeda corrente em todos os dias, com nomes e posturas diferentes. É o caso do boato. Ele dispensa provas. Mais grave que o boato, a calúnia. O filho mais novo da família atende pelo nome de Fake News. É a mentira deliberada, maliciosa, e prejudicial online que faz furor nas redes sociais. Tudo isso faz parte da filosofia da pós-verdade, onde fatos dão lugar à emoção.

A maior das mentiras está na vida das pessoas, quando há oposição entre suas palavras e sua vida. No Brasil, a bola da vez está com os políticos.

A Bíblia Sagrada garante que o Diabo é o pai da Mentira. Mas a mentira é frágil e precisa sempre de outra mentira para sustentar-se. E o mentiroso torna-se refém da própria mentira. O Evangelho nos adverte: “ só a Verdade vos tornará livres”( Jo 8,32 )

Abraham Lincoln garantia: É possível enganar por algum tempo todas as pessoas; é possível enganar por todo o tempo algumas pessoas, mas é impossível enganar a todos o tempo todo.

Fazer o Bem e dizer a Verdade não tem contra indicações em todos os dias do ano.

Frei Aldo Colombo

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais