Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Escolas Municipais se preparam para o retorno das aulas. "Creio que será feito da melhor forma”, diz Izabel Durli Menin

por Cida Cardoso Valna

Desde o final do ano letivo do ano passado a Secretaria de Educação de Veranópolis tem se reunido com professores para idealizar que medidas serão adotadas para que as crianças não sintam tantos impactos em seu processo de aprendizagem, ainda mais neste momento em que o número de matrículas para a rede municipal teve um aumento considerável, foram 346 sendo boa parte delas de educação infantil. Para suprir essa necessidade, o município abriu processo seletivo para a contratação de profissionais da educação.

“Nós temos 103 vagas em aberto, tivemos mais de 150 inscritos. Nós tivemos uma abertura de 30 vagas a mais do que o ano de 2021. Esse aumento foi mais significativo em função da reestruturação que nós fizemos das turmas no final de 2021 e também do próprio nível de aprendizagem, o qual turmas, principalmente do 1º ao 3º ano, foram as mais afetadas”, revela Izabel Durli Menin, secretária de Educação.

Em sua fala, a secretária conta que pedagogicamente, muitas teorias foram levantadas a respeito da educação na pandemia, e que por isso, passou-se a pensar nas crianças que têm um ritmo de aprendizagem diferentes. “Diante deste cenário que se mostrou durante todo o ano de 2021, nós para 2022, optamos por estar dividindo turmas, por exemplo, um terceiro ano ‘A’  e um terceiro ano ‘B’,  de acordo com o ritmo de aprendizagem dessas crianças, só para que a gente consiga trabalhar com equidade e assim,  essas crianças consigam chegar no patamar que algumas já estão e assim respeitar o ritmo de aprendizagem desses alunos”, esclarece.

“Diante de algumas teorias mais generalizadas, nós escutamos que se tem que trabalhar com a inclusão. E a inclusão perpassa esse olhar no ritmo de aprendizagem, e como professores nós estarmos reestruturando isso dentro das escolas e isso demanda mais profissionais, para que a gente consiga trabalhar com respeito ao ritmo de cada aluno e nós pretendemos fazer isso até o final do ano”, complementa.

Covid-19 e a escola

O retorno escolar está previsto para o dia 02 de fevereiro para os professores da educação infantil e no dia 07 as crianças voltam às salas de aula. Já no ensino fundamental os professores concluem a formação nos dias 16 a 18 e os alunos retornam no dia 21. Quanto à crescente de casos de covid, Izabel afirma que este aumento se deu após o encerramento das aulas e que acredita que isso não impedirá a volta às aulas presenciais.

“A escola mais uma vez mostrou que não é um ponto de contaminação.  Temos que ser conscientes de que a escola é um lugar seguro onde organizamos tudo com a maior segurança possível. E quanto à vacinação, não recebemos nada do Ministério da Saúde e nem do Ministério da Educação, quanto da Secretaria de Saúde à respeito da exigência da carteira de vacinação. Penso que até lá as orientações venham e a gente saiba como conduzir isso, e eu creio que será feito da melhor forma”, encerra.

É válido relembrar que todas as salas da rede municipal de ensino foram readequadas para receber as crianças com o devido distanciamento, preconizado pelos órgãos de saúde. Além disso, o Poder Público Municipal investiu fortemente nos equipamentos de proteção individual - EPIs, tanto para professores, quanto para os alunos e cada escola estabeleceu um plano de retorno próprio de acordo com as características estruturais e capacidade de cada prédio. 

A entrevista completa você confere na página da Tua Rádio Veranense

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais