Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Atividades escolares em Veranópolis estão suspensas após determinação judicial

por Almeri Trucolo Angonese

A ação judicial suspende as atividades presenciais em todas escolas públicas e privadas do território gaúcho.

Foto: Divulgação

O Governo Estadual havia autorizado o retorno às aulas presenciais no Estado para educação infantil e 1º e 2º ano do ensino fundamental, mas, em função da gravidade e avanço da pandemia, a Associação Mães e Pais pela Democracia (AMPD) e CPERS/Sindicato contra o Estado do Rio Grande do Sul moveram uma ação civil pública. A Juíza Rada Maria Metzger Kepes Zaman, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital, suspendeu as aulas presenciais de escolas públicas e privadas de todo o Estado do Rio Grande do Sul, enquanto estiver valendo a bandeira preta do Modelo de Distanciamento Controlado.

Os municípios de Vila Flores, Fagundes Varela e Cotiporã, já haviam suspendido as aulas presenciais na sexta-feira (26), enquanto Veranópolis estava mantendo as aulas presenciais para a educação infantil e 1° e 2° ano do ensino fundamental. Com o decreto da juíza favorável à suspensão das aulas, o município acatou o decreto. A Secretária de Educação de Veranópolis, Izabel Cristina Durli Menin fala que hoje, primeiro de março, as escolas ainda receberam crianças para que os pais possam se organizar, mas a partir de amanhã, dia 02 de março, não haverá mais atendimento nas escolas.

Todas as aulas serão realizadas de forma remota, ou seja, os alunos permanecem em suas casas e participam das aulas de forma online.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais