Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Menina de três anos que luta contra leucemia em Caxias precisa de doações

Baixar Áudio por Pablo Ribeiro

A maior dificuldade que a família de Laura dos Reis enfrenta no momento são os gastos com transporte privado até o hospital, já que a menina possui baixa imunidade

Foto: Acervo Pessoal/Divulgação
Foto: Divulgação

A pequena Laura Cavalheiro dos Reis, de apenas 3 anos e 5 meses, enfrenta um momento muito delicado em sua vida. No início de julho deste ano, a menina, que mora com os pais em Caxias do Sul, foi diagnosticada com leucemia aguda. Desde então, Laura iniciou uma verdadeira batalha pela vida.

A mãe de Laura, Cibele Vieira Cavalheiro, 34 anos, conta como foram os primeiros sintomas da doença. “Ela começou a ficar sem brincar, muito paradinha, e muito pálida. Aí eu a levei na pediatra e os exames mostraram que a hemoglobina dela estava muito baixa, estava 2.9. Aí ela internou no mesmo dia e já fez transfusão de sangue. No exame de medula, eles constataram que era leucemia”, conta.

Laura já precisou ficar hospitalizada por um mês no Hospital Unimed, em Caxias, para realizar o tratamento. A mãe teve que se afastar do trabalho para poder se dedicar aos cuidados da filha. Ela trabalhava em um frigorífico, no bairro Ana Rech, junto com o pai de Laura, Régis dos Reis, 40 anos. A família mora em uma casa que é cedida pela empresa.

Todos os dias, pela manhã, a mãe leva a filha para o hospital para realizar o tratamento. Lá elas ficam por aproximadamente trinta minutos. A mãe conta que, apesar de Laura estar respondendo bem ao tratamento de quimioterapia, a imunidade costuma ficar baixa. Por esse motivo, ela não pode ir ao hospital de ônibus, para evitar contato com outras pessoas. A maneira mais adequada é o transporte individual por aplicativo, onde os custos são maiores, cerca de R$ 40 por dia.

Por responder bem às sessões de quimioterapia, Laura não necessita de doações de sangue ou transplante de medula. Ela vai realizar outro exame no dia 2 de setembro para constatar a evolução do tratamento. Apenas o pai de Laura continua trabalhando no frigorífico, por isso, a maior dificuldade que a família enfrenta no momento são os gastos com transporte privado.

Interessados em ajudar a menina Laura no custeio das despesas de transporte podem doar qualquer valor para o Banco do Brasil, Agência 3122-4 / Conta 24467-8. Ou ainda entrar em contato com a mãe, Cibele, pelo telefone (54) 9 9637-7283.

Ouça a matéria AQUI.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais