Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Fórum em Brasília debate a relação das doenças raras com questões de qualidade de vida, ética e política

Baixar Áudio por Beverli Rocha

Evento reúne profissionais de saúde de todo o país

Foto: Divulgação

Sem o derminado acompanhamento, uma síndrome genética que poderia ser tratável, pode causar sérios danos à saúde. O problema maior é a falta de informação a respeito e neste âmbito as doenças raras passam por grandes dificuldades sendo constante o esforço na divulgação de causas, tratamentos e novas pesquisas. É o caso da Acondroplasia, uma doença considerada rara e responsável pela forma mais comum do nanismo. Complicações comuns da doença são hidrocefalia, alterações e deformidades ósseas. Apesar de não ter cura, com o acompanhamento profissional é possível conviver com mais qualidade de vida com a doença.

Este e outros temas estarão presentes no Fórum de Doenças Raras do Conselho Federal de Medicina (CFM), que acontece no dia 1o de agosto com participação da Sociedade Brasileira de Genética Médica e Genômica (SBGM).  A  médica geneticista integrante da SBGM, Ida Schwartz, falou sobre o assunto em entrevista ao programa Temática.

Confira na íntegra.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais