Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Campanha de vacinação contra o sarampo abre etapa para pessoas de 20 a 29 anos

Baixar Áudio por Rodrigo Fischer

Ação inicia na próxima segunda-feira (18/11) em todas as UBSs de Caxias do Sul

Foto: Prefeitura de Caxias do Sul/Divulgação

A segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo inicia na próxima segunda-feira (18/11) em todo o Brasil. Esta etapa vai imunizar adultos na faixa etária de 20 a 29 anos. A expectativa para Caxias do Sul é atingir aproximadamente 74 mil pessoas até o dia 30 de novembro, com o objetivo de envolver 95% do público alvo.

A iniciativa foca em quem nunca foi vacinado ou está com o esquema incompleto. As doses serão administradas em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), perante a apresentação do Cartão de Vacinação e do Cartão SUS. A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Andréa Dal Bó, explica que a campanha é importante, uma vez que o Brasil já registrou cerca de 10 mil casos de sarampo e os adultos pertencem ao segundo grupo de risco. Por isso, o Ministério da Saúde escolheu imunizar esta faixa etária.

“Tivemos em torno de 10 mil casos neste ano, a maior parte concentrada em São Paulo. Crianças e adultos jovens foram os maiores receptores da doença, por isso o Ministério da Saúde está focando nesse grupo de 20 a 29 anos.”

Neste ano, o Rio Grande do Sul registrou 32 casos de sarampo, nenhum envolvendo Caxias do Sul. Andréa afirma que a maioria das pessoas infectadas contraiu a doença fora do Estado, deslocando-se para locais de risco. “Mas acaba que uma pessoa contaminada acaba transmitindo para outras pessoas, o que deixa de ser contaminação em outro local e passa a ser do próprio Estado.”

Ela ainda explica que o número baixo de casos no Estado é reflexo do bloqueio vacinal, que é um trabalho de imunização feito para pessoas que entraram em contato com alguma fonte da doença.

“Qunado uma pessoa é diagnosticada, a gente já faz o bloqueio vacinal. Efetuamos a vacinação de todas as pessoas que entraram em contato com uma fonte seis dias antes até 10 dias depois. Por isso, o Rio Grande do Sul não teve uma disseminação maior.”

A faixa etária de 20 a 29 anos precisa de duas doses para entrar no grupo de imunizados. O setor de Vigilância Epidemiológica reforça que a vacina fica disponível permanentemente nas UBSs para ser administrada de acordo com o calendário de imunização.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais