Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
06:30:00
Caminhos da Fé
08:00:00
 
 

Secretaria da Saúde de Caxias do Sul orienta pessoas que receberam vacina da gripe adulterada a buscarem novamente a imunização

por Isadora Helena Martins

Pasta também sugere realização de testes rápidos de HIV, hepatites B e C e sífilis já que seringas podem ter sido reutilizadas pelo casal golpista

Foto: Divulgação / Prefeitura de Caxias do Sul

A Secretaria Municipal da Saúde de Caxias do Sul emitiu um comunicado na tarde desta sexta-feira (14) para as pessoas que receberam a vacina contra a gripe adulterada. Conforme orientações da pasta, o usuário deve se dirigir para a Unidade Básia de Saúde (UBS) de referência para receber a imunização correta. O intervalo entre a dose adulterada recebida e a nova imunização deve ser de, no mínimo, 30 dias, já que segundo a secretaria não é possível saber se a vacina aplicada foram válidas ou não. 

A secretaria ainda salientou que a investigação feita pela polícia apura se ocorreu a reutilização da seringa e da agulha pelo casal falsário. Tendo em vista a gravidade sanitária do procedimento, as pessoas lesadas também podem solicitar nas UBSs os testes rápidos para HIV, hepatites B e C e sífilis antes da vacinação para influenza ou 30 dias após a imunização.

 

Sobre o caso

As vacinas adulteradas foram apreendidas pela Vigilância Sanitária caxiense no início de agosto. O casal responsável pela fraude foi preso. O homem de 46 anos e a mulher de 36 anos, podem ser indiciados por crimes contra a saúde pública, falsidade ideológica e uso de documento falso, já que a mulher possuía diploma de técnica enfermagem falso.

O casal foi autuado pela Vigilância Sanitária três vezes, além de ter seu estabelecimento interditado. Após enviar o material aprendido para análise no Laboratório Central do Estado (Lacen), o laudo confirmou a adulteração, classificando o líquido, possivelmente, como soro fisiológico. Segundo a investigação da Vigilância Sanitária, o casal havia adquirido 300 doses de um distribuidor autorizado, porém, foram aplicadas mais de mil vacinas nos últimos três meses. 

Confira os nomes e as clínicas onde foram aplicadas as vacinas adulteradas:

:: PM Apoio Administrativo

Rua Mariano Mazzochi, 590, apto 102, Cruzeiro

Av. Itália, 202, sala 800/900, São Pelegrino

Rua Alfredo Chaves, 1274, sala 802, Exposição

 

:: Clínica Excelence

Rua Andrade Neves, 985, Exposição

 

:: Clínica Amor e Saúde

Rua Pinheiro Machado, 2580, São Pelegrino


:: Susin Clínica Integrada

Rua Moreira César, 2650, sala 1501, City Life, Centro

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais