Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Bairros Vila Ipê e Cânyon, em Caxias, terão bloqueio vacinal contra a raiva em cães e gatos após caso positivo da doença

por Daniel Lucas Rodrigues

Ação é realizada após a confirmação de uma ocorrência em um felino

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) realiza, a partir de segunda-feira (11/12), um bloqueio vacinal contra a raiva em 25 quarteirões dos bairros Vila Ipê e Cânyon. O motivo é a constatação de um caso positivo de raiva em um gato na região. Se chover, o início da ação será remarcado. Serão vacinados todos os cães e gatos em um raio de 300 metros do local do foco, ou seja, o local onde foi constatado o caso de raiva. Esse trabalho será realizado por equipe da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), de forma gratuita.

O caso de raiva foi constatado porque uma mulher procurou uma Unidade Básica de Saúde (UBS) após ter sido mordida por um gato de rua. Todos os casos de mordedura de animal são notificados e investigados, o que levou à confirmação do caso positivo no felino. A mulher já iniciou o tratamento com vacina antirrábica e soro antirrábico. O gato veio a óbito porque foi atacado pelo cão da mulher. Como ação preventiva, o cachorro foi vacinado nesta sexta-feira (08/12).

A ação de bloqueio será gratuita e realizada somente nas áreas delimitadas, uma vez que o SUS fornece a vacina apenas para casos de bloqueio. Nesta sexta-feira (08/12), equipes da Vigilância Ambiental em Saúde visitaram a região das moradias onde haverá a vacinação, para informações e orientações. O trabalho de imunização deve durar cerca de 10 dias. Os vacinadores passarão de casa em casa para imunizar todos os animais, inclusive aqueles que já tomaram a vacina antirrábica anteriormente. A única exceção são os filhotes (menores de três meses).

A Secretaria Municipal da Saúde lembra que é obrigação dos proprietários manter a vacinação dos seus animais em dia. A vacina antirrábica preventiva deve ser providenciada pelo proprietário do animal na rede particular, sendo fornecida pelo SUS em casos de bloqueio como o que começa na segunda-feira.

A SMS também orienta que pessoas que sofrerem quaisquer mordeduras por cães e gatos devem sempre procurar um serviço de saúde. Após a mordedura é imprescindível limpar o ferimento com água corrente e sabão ou detergente. No caso de mordeduras leves, isso pode destruir as partículas virais e diminuir o risco de infecção.

Local onde haverá a ação de bloqueio: 

25 quarteirões, que englobam parcialmente os bairros Vila Ipê e Cânyon.

Limites:

- a Leste por parte das ruas da Felicidade, da Esperança e Beco da Esperança, no bairro Cânyon.

- ao Norte pela Rua Adolfo Randozzo e Rodovia RS-122, no bairro Cânyon.

- a Oeste por parte do Travessão Vitor Emanuel (até a Rua das Gaivotas), no bairro Vila Ipê.

- ao Sul por parte das ruas das Gaivotas, dos Pintassilgos e das Perdizes.

Moradores que tiverem dúvidas sobre os locais da ação de vacinação podem contatar a Vigilância Ambiental em Saúde pelo telefone 3901-2503, de segunda a sexta-feira.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais