Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Com quase metade da população sem esgoto tratado, Brasil está mais suscetível à H. Pylori

Baixar Áudio por Beverli Rocha

A bactéria causa doenças intestinais

Foto: Divulgação

Com cerca de 211 milhões de brasileiros, o País tem quase 48% da população sem coleta de esgoto e cerca de 17%, sem acesso à água tratada, segundo dados de 2019 do Instituto Trata Brasil, com base no Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), do Ministério do Desenvolvimento Regional. Os dados são uma preocupação para a saúde pública, uma vez que as más condições de acesso à rede de esgoto, água tratada e coleta seletiva estão diretamente relacionadas, entre outros problemas de saúde, à propagação de doenças intestinais, principalmente as causadas pela bactéria Helicobacter pylori.

O médico gastroenterologista, integrante da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), Ismael Maguilnik, em entrevista ao programa Temática na manhã desta terça-feira, disse que a bactéria é o agente infeccioso crônico mais disseminado entre os seres humanos (cerca de 60% da população mundial). Sua frequência aumenta em países em desenvolvimento, como no Brasil, e em locais onde há precárias condições de saneamento básico, como é o caso dos cem maiores municípios brasileiros, dos quais somente 22 deles oferecem esgoto tratado para mais de 80% da população, segundo dados do Instituto Trata Brasil. A bactéria se manifesta, ainda, com mais prevalência na infância, apresentando índices já acima de 50% e aumentando com o decorrer dos anos.

Confira a entrevista na íntergra.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais