Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Campanha da Fraternidade 2020 será lançada nesta quarta-feira

Baixar Áudio por Pablo Ribeiro

Neste ano, a campanha traz como tema: “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso” e lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34)

Foto: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil/CNBB/Divulgação

Com a chegada da Quaresma, nesta Quarta-feira de Cinzas, dia 26 de fevereiro, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) inicia oficialmente a Campanha da Fraternidade 2020, que neste ano traz como tema: “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso” e o lema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, extraído de Lucas 10,33-34. Em Caxias do Sul, o lançamento ocorre às 9h, no Espaço Mater Dei, junto à Catedral Diocesana. Na ocasião, o bispo diocesano Dom José Gislon, presidente do Regional Sul 3 da CNBB apresentará o tema e o objetivo desta edição da Campanha.

A Campanha, que será realizada em todas as comunidades, paróquias, dioceses, pretende “conscientizar, à luz da Palavra de Deus, para o sentido da vida como Dom e Compromisso, que se traduz em relações de mútuo cuidado entre as pessoas, na família, na comunidade, na sociedade e no planeta, nossa Casa Comum”.

O cartaz da campanha é inspirando em Irmã Dulce. Na ilustração, as pessoas que cercam irmã Dulce simbolizam uma população vulnerável, que clama por vida em plenitude. É possível perceber também a pluralidade que engloba diferentes faixas etárias, etnias e outras particularidades típicas de uma população multicultural.

O cenário escolhido foi o bairro do Pelourinho, localizado em Salvador, capital do estado da Bahia, berço de nascimento de Santa Dulce. As pessoas estão na rua, área comum de encontro e convívio.

A Campanha da Fraternidade se expressa concretamente pela oferta de doações em dinheiro na Coleta da Solidariedade, realizada no Domingo de Ramos. É um gesto concreto de fraternidade, partilha e solidariedade, feito em âmbito nacional, em todas as comunidades cristãs, paróquias e dioceses.

Este ano, a Coleta da Solidariedade será realizada no dia 05 de abril e deve mobilizar todas as paróquias e comunidades do Brasil, para formar os Fundos Diocesanos, Estadual e Nacional de Solidariedade.

 

Os objetivos específicos da Campanha da Fraternidade 2020 são:

:: Apresentar o sentido de vida proposto por Jesus nos Evangelhos;

:: Propor a compaixão, a ternura e o cuidado como exigências fundamentais da vida para relações sociais mais humanas;

:: Fortalecer a cultura do encontro, da fraternidade e a revolução do cuidado como caminhos de superação da indiferença e da violência;

:: Promover e defender a vida, desde a fecundação até o seu fim natural, rumo à plenitude;

:: Despertar as famílias para a beleza do amor que gera continuamente vida nova;

:: Preparar os cristãos e as comunidades para anunciar, com o testemunho e as ações de mútuo cuidado, a vida plena do Reino de Deus;

:: Criar espaços nas comunidades para que, pelo batismo, pela crisma e pela eucaristia, todos percebam, na fraternidade, a vida como Dom e Compromisso;

:: Despertar os jovens para o dom e a beleza da vida, motivando-lhes o engajamento em ações de cuidado mútuo, especialmente de outros jovens em situação de sofrimento e desesperança;

:: Valorizar, divulgar e fortalecer as inúmeras iniciativas já existentes em favor da vida;

:: Cuidar do planeta, nossa Casa Comum, comprometendo-se com a ecologia integral.

 

Desde a criação da Campanha da Fraternidade, em 1964, já se passaram 55 anos buscando despertar nas pessoas o senso de justiça social, de fraternidade e de amor ao próximo. Ela nasceu no contexto do Concílio Vaticano II, que iniciou um tempo de renovação na Igreja, trazendo muitas luzes para todas as realidades da Igreja. A cada ano, a Igreja no Brasil escolhe uma temática que ajuda as comunidades e toda a sociedade civil a ampliar sua reflexão sobre o tema em questão.

 

Hino Oficial da Campanha da Fraternidade 2020 (OUÇA AQUI)

Letra: Padre José Antônio de Oliveira
Música: Gilson Celerino

 

1) Deus de amor e de ternura, contemplamos
este mundo tão bonito que nos deste. (Cf. Gn 1,2-15; 2,1-25)
Desse Dom, fonte da vida, recordamos: (Cf. SI 36,10)
Cuidadores, guardiões tu nos fizeste. (Cf. Gn 2,15)

Refrão

Peregrinos, aprendemos nesta estrada
o que o “bom samaritano” ensinou:
Ao passar por uma vida ameaçada,
Ele a viu, compadeceu e cuidou. (Cf. Lc 10,33-34)

2) Toda vida é um presente e é sagrada,
seja humana, vegetal ou animal. (Cf. LS, esp. Cap. IV)
É pra sempre ser cuidada e respeitada,
desde o início até seu termo natural.

3) Tua glória é o homem vivo, Deus da Vida; (Cf. Santo Irineu)
ver felizes os teus filhos, tuas filhas;
é a justiça para todos, sem medida; (Cf. Am 5,24)
É formarmos, no amor, bela Família.

4) Mata a vida o vírus torpe da ganância,
da violência, da mentira e da ambição.
Mas também o preconceito, a intolerância.
O caminho é a justiça e conversão. (Cf. 2Tm 2,22-26)

 

Oração

Deus, nosso Pai, fonte da vida e princípio do bem viver,
criastes o ser humano e lhe confiastes o mundo
como um jardim a ser cultivado com amor.

Dai-nos um coração acolhedor para assumir a vida como dom e compromisso.

Abri nossos olhos para ver
as necessidades dos nossos irmãos e irmãs,
sobretudo dos mais pobres e marginalizados.

Ensinai-nos a sentir a verdadeira compaixão
expressa no cuidado fraterno,
próprio de que reconhece no próximo
o rosto do vosso Filho.

Inspirai-nos palavras e ações para sermos
construtores de uma nova sociedade,
reconciliada no amor.

Dai-nos a graça de vivermos
em comunidades eclesiais missionárias
que, compadecidas,
vejam, se aproximem e cuidem
daqueles que sofrem,
a exemplo de Maria, a Senhora da Conceição Aparecida,
e de Santa Dulce dos Pobres, Anjo Bom do Brasil.

Por Jesus, o Filho amado,
no Espírito, Senhor que dá a vida.
Amém!

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais