Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Diocese de Caxias se une às dioceses do RS em campanha para arrecadação de alimentos

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

O “Mutirão pela Vida de quem tem fome” será realizado de 25 de maio a 03 de junho a marcará a celebração de Corpus Christi

Foto: Divulgação / Felipe Padilha

Buscando amenizar o sofrimento das famílias que enfrentam dificuldades para conseguir o alimento de cada dia, principalmente diante de uma pandemia, as 18 dioceses do Rio Grande do Sul lançaram a campanha “Mutirão pela Vida de quem tem fome”. A iniciativa irá ocorrer de 25 de maio a 03 de junho com a arrecadação de alimentos não perecíveis em todas as paróquias.

A ação também marca a Solenidade de Corpus Christi, que neste ano será celebrada no dia 03 de junho. Conforme o coordenador diocesano de Pastoral, padre Paulo César Nodari, o gesto está sendo organizado em comunhão com todas as dioceses do Estado. “É O Regional Sul 3 da CNBB, todo o estado do Rio Grande do Sul, os bispos, as nossas dioceses todas, nós estaremos nessa semana de mutirão pela vida por todas aquelas pessoas que tem fome. Já foram feitos outros gestos, mas esse será um gesto de comunhão com a Regional, então é um momento muito especial”.  

Na região da Serra, participam as 74 paróquias dos 32 municípios atendidos pela Igreja de Caxias do Sul. O bispo diocesano, dom José Gislon, também salientou a importância de que toda a sociedade se mobilize no gesto de solidariedade para com aqueles irmãos e irmãs que estão passando por dificuldades neste momento. “Nós estamos com essa campanha porque não podemos nos omitir. É esse senso de caridade que vai fazer amenizar a dor da fome na vida de muitas pessoas, porque depois de um ano de pandemia, nós temos muitas famílias que estão passando por privações. A resposta caritativa não resolve tudo, mas ao menos faz a pessoa se sentir parte de uma grande família chamada humanidade”, salientou.  

Desta forma, de 25 de maio, terça-feira, até a quinta-feira, 03 de junho, as secretarias paroquiais e as comunidades irão receber os alimentos. A Solenidade de Corpus Christi será o dia principal da coleta como forma de marcar a celebração da data, uma vez que a orientação é que sejam celebradas missas em diversos horários para que não haja aglomeração de pessoas. Assim, não serão realizadas procissões e nem confeccionados os tradicionais tapetes de serragem, no entanto, às 15h, toda a Diocese fará um momento comum de adoração ao Santíssimo Sacramento. A intenção principal da oração será pelo fim da pandemia, bem como pelos desempregados e por todos os que sofrem por conta da Covid-19.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais