Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Caxias do Sul pede ao Governo do Estado volta do funcionamento das quadras esportivas

por Daniel Lucas Rodrigues

Prefeitura ainda solicitou a liberação do self-service nos restaurantes e o aumento da capacidade presencial dos servidores municipais

Foto: Rech7/Divulgação

O Governo do Estado segue com as tratativas para montar o novo modelo de distanciamento controlado no Rio Grande do Sul. Até esta terça-feira (11/05), os municípios gaúchos poderiam enviar propostas de flexibilizações para o sistema que deve entrar em vigor no dia 15 de maio. Caxias do Sul encaminhou na segunda-feira (10/05) um documento pedindo que algumas atividades sejam flexibilizadas.

O endereçamento foi feito para a Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne). A Prefeitura caxiense solicitou que o documento fosse reenviado ao governo estadual. Dentre os pedidos, está o retorno das quadras esportivas. Para a Tua Rádio São Francisco, o secretário municipal de Urbanismo (SMU), João Uez, argumenta que a categoria trabalhou apenas 90 dias em toda a pandemia, é um dos setores mais atingidos. Ele exemplifica que as academias estão reabertas e não seria justo as quadras esportivas, que se encaixaria no ramo de atividades físicas, estarem fechadas. A volta cumpriria os requisitos sanitários e seria uma retomada gradual.

Uma das preocupações do Município é a possível aglomeração que pode ocorrer nestes jogos. Uez afirma que terá uma atuação constante de fiscalização e conta com a colaboração dos donos dos estabelecimentos. Porém, a SMU sofre com a falta de quadro de pessoal para realizar as vistorias na cidade. O problema foi acentuado com a chegada da pandemia no ano passado. O secretário coloca que o Governo do Estado aceitou o plano de fiscalização da Prefeitura, em que o método trabalhado é a ampliação do horário de trabalho dos agentes. Além dos fiscais da SMU, há a presença de servidores da Secretaria Municipal do Meio-Ambiente (Semma) e do setor de Vigilância Saniária, da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). O grupo atua em três grandes áreas da cidade e, segundo Uez, há efetividade nas supervisões. Ele conta que ainda tem o apoio da Brigada Militar (BM) e da Guarda Municipal (GM).

Além disso, a Prefeitura solicita que seja liberado o self-service para os restaurantes e o aumento do percentual para 75% da capacidade presencial de servidores da administração pública.  

Clique AQUI e confira a entrevista completa.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais