Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Um terço da delegação da Ucrânia foi cortada para viabilizar participação nas Surdolimpíadas

Baixar Áudio por Luiz Fernando

País se defende de invasão russa há mais de dois meses.

Foto: Fernando Levinski/Tua Rádio

Na tarde desta terça-feira (3), a delegação da Ucrânia realizou uma coletiva de imprensa nas dependências dos Pavilhões da Festa da Uva. Parte dos 258 atletas seguravam bandeiras com frases, como “pare a guerra “ e “paz para a Ucrânia”. Dirigentes da delegação ressaltaram a importância da participação do país nesta edição da Surdolimpíadas.

O presidente do Comitê Nacional de Esportes para Deficientes da Ucrânia, Valeriy Sushkevych, explicou que a preparação para a competição ficou prejudicada. Os atletas foram distribuídos em 12 países no último período de treinamento. O orçamento foi cortado um mês e meio antes do início dos jogos. Por isso, um terço da delegação foi cortada. Foram escolhidos atletas com chances de medalha.

A medida foi bastante lamentada, já que o país do leste europeu é considerado uma potência no esporte surdo. Na manhã desta terça, a Ucrânia liderava o quadro de medalhas da competição, com cinco de ouro e duas de prata.

Também esteve presente na coletiva o Encarregado de Negócios da Embaixada da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach. Ele ressalta que a participação da delegação na competição durante o período de guerra é muito importante. Para ele, cada medalhada conquistada, será uma vitória para o povo ucraniano.

O conflito atingiu 69 dias nesta terça.

(Acompanhe a reportagem na íntegra em ouvir notícia)

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais