Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Décio Bombassaro: o entusiasta do Saber e da Comunicação

por Isadora Helena Martins

Décio Bombassaro atuou em seis veículos de comunicação de Caxias do Sul e região, dando novos rumos à imprensa local. Ele também foi professor de filosofia na UCS, durante 32 anos

Professor, filósofo, escritor e jornalista, Décio Bombassaro. Foto: Isadora Martins
Foto: Divulgação

O entrevistado do Conectado Perfil neste sábado (27) foi o professor de filosofia, escritor e jornalista Décio Osmar Bombassaro. Segundo ele, sua vida foi construída sobre três pilares: a literatura, a história e a filosofia, áreas que sempre simpatizou, desde a infância. Além de atuar 32 anos como professor na Universidade de Caxias do Sul (UCS), ele também construiu sua trajetória profissional em veículos de comunicação da região.

Ouça aqui o programa completo: PARTE 1 | PARTE 2 | PARTE 3

Décio Bombassaro nasceu em Caxias do Sul, em 21 de dezembro de 1938. Sua infância foi marcada pela descoberta da literatura, pela admiração pelo rádio, pela rigidez da época e pelo início dos estudos no Colégio Nossa Senhora do Carmo. Conforme Bombassaro, um dos episódios mais marcantes foi quando aprendeu a ler: “Eu comecei a ler com cinco anos de idade, porque uma prima, Lea Tomasi Possi, que era professora, me alfabetizou. E um domingo, quando o pai comprava os jornais e ficava lendo na poltrona, e eu cheguei por traz dele e comecei a soletrar, e ele se virou e disse: ‘Você está lendo? Lê aqui’. E me mostrou outro texto. Sim eu lia meio embaralhado ainda, mas, estava já lendo”.

Ainda na infância, Bombassaro também descobriu a paixão pelo rádio. O seu pai tinha uma livraria e depois da Segunda Guerra Mundial começou a trazer geladeiras e rádios de Porto Alegre. Foi assim que o pequeno menino curioso começou a ouvir a programação de diversas rádios do Brasil e se encantar por aquele veículo de comunicação.

Foi movido por essa paixão pelo rádio, que já na idade adulta, Décio resolveu fazer um teste para locutor na Rádio Independência, porém foi rejeitado por não ter o perfil vocal adequado para a época. Não satisfeito, ele começou a escrever rádio novelas e enviar para o dono do veículo. Com o tempo, foi chamado para integrar a equipe jornalística da Rádio Independência.  Meses depois, ele também trabalhou nas rádios Difusora, Veranense, Princesa e São Francisco.  Em 1970, Bombassaro foi convidado para ser o diretor do Correio Riograndense e foi responsável pela renovação do jornal, inclusive pelo início das edições coloridas.   

Carreira acadêmica

Enquanto atuava nas rádios de Caxias do Sul e região, Bombassaro cursou Letras e fez especialização em Filosofia. Ele foi docente na Universidade de Caxias do Sul (UCS) por 32 anos. Conforme Bombassaro, cerca de 20 mil alunos assistiram a suas aulas durante o período em que atuou na universidade.

     

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais