Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
12:10:00
No Ponto
14:00:00
 
 

Lola Salles: a história entre costuras

por Isadora Helena Martins

Uma das costureiras e modistas mais conhecidas de Caxias do Sul, Lola foi a entrevistada do programa Conectado Perfil, na manhã deste sábado (14)

Foto: Isadora Martins

Hollandina Zelinda Bolzani de Salles, mais conhecida como Lola Salles, é modista, cortadeira e costureira. São mais de sete décadas dedicadas à profissão, que ainda exerce com maestria. É filha de Angelina Billibio Vidor Bolzani e Andrea Bolzani.

Ouça aqui o programa completo:  PARTE 1 PARTE 2  |  PARTE 3

Lola Salles nasceu em Caxias do Sul, em 04 de abril de 1930. Foi na mesma cidade que viveu durante toda a sua infância ao lado dos pais e mais 10 irmãos. Ainda pequena, aos sete anos, Lola já começou a ajudar a mãe, que também era costureira. Esse foi seu primeiro contato com a profissão. Aos 12 anos, já estava decidida que queria trabalhar com moda e conquistou a primeira cliente. “Eu tive que fazer uma saia e uma blusinha. O tecido era listado e eu precisava deixar a saia com quatro cortes. No lado o listado tinha que ficar reto e na frente e atrás tinham que ficar se encontrando. Eu coloquei o tecido em cima da mesa e cortei errado. Minha mãe me deu o dinheiro e me mandou ir lá no Magnabosco comprar tecido de novo. Fui lá, tentei contar, deu errado novamente. Mas, na terceira vez eu acertei. A minha mãe me deu muita segurança”.   

Lola estudou na Escola Henrique Emílio Meyer, mas aos 15 anos decidiu largar os estudos para se dedicar inteiramente à costura. No início, eram produzidos modelos mais simples, porém, em 1946, quando tinha apenas 16 anos, Lola já confeccionou seu primeiro vestido de gala, para a cliente Jatir Marchioro Cislaghi (in memoriam). “Eu fiz o vestido de gala lindo, ficou maravilhoso. Quando ela vestiu e foi ao baile, foi um sucesso. Aí que começou a vir mais clientes”, lembra.

A costureira também conta que fez seu próprio vestido de noiva, em 1957, quando casou com Osmar Bernardo de Salles. Dessa união nasceram os filhos Ana Lúcia, João André, Jorge Luiz e Maria Cristina.

Durante sua carreira, Lola teve uma confecção de roupas infantis, fez figurinos de ballet, mas sempre gostou da alta costura e de produzir vestidos de gala e noivas. Ela também foi responsável pela confecção dos trajes oficiais das soberanas da Festa da Uva dos anos de 1994, 1996, 2000, 2004 e 2016. Além disso, já fez diversos vestidos de candidatas à rainha e princesas da maior festa da cidade.

Hoje, aos 89 anos, Lola ainda costura vestidos de festa e de noivas em seu atelier, junto à sua filha, Maria Cristina de Salles. Ela divide seu tempo entre o trabalho e a família, composta pelos quatro filhos, sete netos e uma bisneta.  Para Lola, as maiores riquezas de sua vida são a família e, claro, a costura. “A costura pra mim, eu acredito que, além da minha família, é minha vida. Porque eu sou apaixonada pelo meu trabalho, estou sempre no meu trabalho e quando eu não vou lá minha sala de costura me faz falta”.   

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais