Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

UCS cria protocolo sanitário contra a Covid-19 para possível volta às aulas presenciais, afirma reitor

Baixar Áudio por Daniel Lucas Rodrigues

Evaldo Kuiava diz que retorno dependeria do contexto do avanço da pandemia no Rio Grande do Sul

Foto: Julio Soares/Objetiva

Em meio à pandemia da Covid-19, a Universidade de Caxias do Sul (UCS) prepara a volta às aulas para o dia 10 de agosto deste ano. A possibilidade foi ventilada em uma carta aberta enviada por e-mail aos alunos durante a semana passada. De acordo com a instituição, o planejamento para o retorno levaria em conta o avanço do novo coronavírus no Rio Grande do Sul e a política do governo estadual quanto ao distanciamento social.

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, o reitor da UCS, Evaldo Kuiava, afirma que a instituição está pronta para receber os estudantes novamente. Já haveria um protocolo sanitário construído para evitar um surto no local. Entre as medidas, está o uso obrigatório de máscaras faciais, disponibilização de álcool em gel, procedimento para identificar alunos e docentes com temperaturas consideradas febris e informações das condições de saúde de cada colaborador.

Segundo ele, existe a possibilidade de disponibilizar testes de Covid-19 para aqueles que apresentarem quadro febril após passar pelas aferições de temperatura programadas na volta às aulas presenciais. Kuiava argumenta que a UCS possui uma estrutura que possibilita fornecer uma testagem para esse público.

Antes da pandemia, Kuiava apresenta que a UCS recebia aproximadamente 15 mil pessoas em suas dependências. Para evitar aglomerações, a universidade retornaria primeiramente com as disciplinas que exigem atividades práticas e dependem da infraestrutura da instituição. O restante continuaria com as aulas online. Mesmo com a volta, a expectativa é que o reinício seria por ensino virtual e, posteriormente, teria um trabalho de recepção dos estudantes.

Porém, o reitor esclarece que o processo de retomada depende da cor da bandeira em que Caxias do Sul estará futuramente. O procedimento valeria para as bandeiras amarela e laranja, vedada para a vermelha. O regresso ainda dependeria de uma autorização do governo estadual.

Kuiava ressalta que o ensino virtual segue nos planos da UCS. Se o cenário de avanço da doença perdurar na cidade, as aulas síncronas teriam continuidade.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais