Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Ações para o Dia do Vinho podem ajudar o setor turístico caxiense em meio à pandemia, analisa secretário da pasta

Baixar Áudio por Daniel Lucas Rodrigues

Titular de Turismo afirmou possibilidade para realização do evento, em junho, obedecendo aos critérios sanitários do decreto municipal

Foto: Joana Boff/Divulgação

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco nesta semana o titular da pasta de Turismo (Semtur), Enio Martins, apresentou um panorama da situação do setor, em meio à pandemia da Covid-19, em Caxias do Sul. Um dos primeiros impactos visualizados pelo secretário foi para a redução na equipe, devido ao decreto municipal que impôs um limite de servidores atuando no poder público.

Há dois meses a cidade convive com o novo coronavírus. Desde o primeiro decreto, em 16 de março, a economia foi impactada com as restrições impostas pelas normas. No turismo, Martins afirma que não existiu um levantamento da quantidade de verba que deixou de entrar desde o início da doença no município. O foco da pasta foi mais nas ações para ajudar a área.

O secretário destaca uma iniciativa realizada no último final de semana, com o objetivo de valorizar as casas locais de xis. Foram distribuídas sacolas para 30 empreendedores, que continham detalhes dos destinos turísticos da cidade. Uma equipe da pasta também entregou máscaras aos motoboys com os dizeres “Eu amo o Xis de Caxias”. Segundo Martins, a ação foi “simples”, mas valorizou o local que possui o maior número de estabelecimentos do ramo no mundo.

“Ação é muito simples, eu sei. Mas entrega o alimento para a pessoa que pede o xis e movimenta-se o turismo interno, porque muitas não conhecem os lugares de visitação daqui.”, complementa.

Outro projeto encaminhado para auxiliar a categoria é a realização da Feira do Vinho, em alusão às comemorações ao Dia do Vinho no Brasil. A ideia é efetuá-la, a partir de junho, em conjunto a data oficial do calendário de eventos estadual. O festejo ocorreria em três dias, na Praça Dante Alighieri, unindo as vinícolas integrantes da Rede de Vinícolas de Caxias do Sul (Revinsul). Em 2019, Caxias ficou de fora da 10ª edição da feira, que reuniu mais de 40 municípios alocados em sete estados brasileiros. Conforme o secretário, tudo depende de como estará a situação do coronavírus em Caxias.

“Estamos trabalhando a possibilidade para a promoção da feira. É aglomeração? Não. No meu entendimento, é como se fosse um comércio ao redor da praça, não com bancas uma do lado da outra, justamente, com zelo e cuidado, para evitar aglomerações.”, explica.

Clique na aba “Ouvir Notícia” e confira a entrevista concedida ao repórter Rodrigo Fischer.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais