Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Caxias do Sul poderá reabrir comércio não essencial e restaurantes na bandeira vermelha

por Daniel Lucas Rodrigues

Decisão é do Governo do Estado, que estabelece dias e horário para funcionamento

Foto: Cristhian Silva/Divulgação

O Governo do Estado alterou o Modelo de Distanciamento Controlado ao final da tarde desta terça-feira (04/08). Agora, as regiões poderão reabrir os estabelecimentos comerciais durante a vigência da bandeira vermelha a partir desta quarta-feira (05/08). A decisão levou em conta a estabilização nas internações por Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para pacientes de Covid-19.

Em seu Twitter oficial, o governador Eduardo Leite (PSDB) anunciou que o comércio varejista não essencial poderá funcionar, com restrições, de quarta a sábado, das 10h às 16h. Também terá a possibilidade de permitir o funcionamento de restaurantes, de segunda a sexta-feira, apenas no horário de almoço.

Para Tua Rádio São Francisco, o secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Agostinho Meirelles, disse que a reabertura atendeu ao pedidos dos municípios gaúchos, visualizando a importância econômica dos dois setores para o Rio Grande do Sul. Ele ainda confirmou que deverá sair um decreto na quinta-feira (06/08), que propõe a gestão compartilhada na política de distanciamento social com as regiões.

Meirelles conta que o documento vai oficializar a criação dos comitês regionais, com base nas localidades divididas pelo decreto estadual. O grupo será responsável por definir um protocolo sanitário específico para cada setor da economia e intermediar o pedido para adoção das medidas mais flexíveis. Lembrando que a norma poderá ser menos restritiva que a bandeira vigente, porém não menos limitada ou igual ao da bandeira de risco inferior. (ouça a entrevista)

Veja o que muda com a  flexibilização da bandeira vermelha

Comércio varejista não essencial (rua, centros comerciais e shoppings)

• Permite 25% trabalhadores (somente para estabelecimentos com mais de três trabalhadores).

• Respeito ao teto de ocupação (número máximo de pessoas conforme área do estabelecimento).

• Abertura exclusiva de quarta-feira a sábado, em horário reduzido, das 10h às 16h, para não coincidir com a movimentação de serviços essenciais.

Restaurantes

• Atendimento presencial restrito passa a ser permitido na bandeira vermelha, com dias e horários reduzidos e reforço dos protocolos obrigatórios.

• Aviso visível aos frequentadores sobre a lotação máxima nas bandeiras amarela, laranja e vermelha, para reforçar distanciamento mínimo. Na bandeira amarela, a lotação máxima é de 75%. Na bandeira laranja, é de 50%. Na bandeira vermelha, passa para 50% de trabalhadores e 25% de lotação, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

• As modalidades de tele-entrega, drive-thru e pague e leve seguem permitidas durante todos os dias da semana.

• Restaurantes que se localizam em shoppings também estão inclusos na alteração.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais