Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Campanha Caxias do Amor se une ao Sábado Solidário para intensificar arrecadação de alimentos

por Isadora Helena Martins

Doações de alimentos e itens de primeira necessidade diminuíram mais de 60% entre abril e outubro, em Caxias do Sul

Foto: Divulgação / Cristina Fabian Gregoletto

Conforme a pandemia se estende, mais famílias enfrentam dificuldades para suprir suas necessidades básicas como a aquisição de alimentos. Com o objetivo de prover itens de primeira necessidade para famílias em situação de vulnerabilidade social, a Prefeitura de Caxias do Sul, juntamente com a Diocese e entidades, lançou ainda em abril a campanha Caxias do Amor. No primeiro mês, o Banco de Alimentos que costumava arrecadar cerca de 30 mil quilos de donativos mensais, viu as doações mais de dobrarem arrecadando 81 mil quilos de alimentos. Porém a partir daí, as doações tiveram quedas a cada mês: 53 mil em maio, 54 mil em junho, 43,7 mil em julho, 44 mil em agosto e 34 mil em setembro. Já em outubro, o volume de doações caiu para 27 mil quilos. Ou seja, em seis meses a redução nas arrecadações foi de 66,6%.

Conforme a presidente da Fundação de Assistência Social (FAS) Marlês Andreazza, a alta dos preços dos alimentos e as dificuldades econômicas foram fatores determinantes para o cenário. “A gente entende que essas arrecadações diminuíram pelo contexto que se passa em questão do desemprego, diminuição de renda. A gente agradece a população que sempre ajudou, mas a gente pede que voltássemos agora a fazer um esforço de doar para que o final do ano possa ser melhor para quem mais precisa”, disse.

Diante da baixa nas arrecadações, Marlês salienta que a demanda aumentou. “Temos as cozinhas comunitárias, as marmitas que são oferecidas nos bairros. Atualmente temos mais de 6 mil famílias atendidas pela FAS e 4 mil famílias que recebem as Cestas Básicas por meio da Smed. Fora isso temos a colaboração das entidades que também atendem às famílias e a gente completa com o que elas não conseguem em doações. Ainda temos um programa emergencial onde nós temos 450 famílias em atendimento, porque só a alimentação da Cesta Básica não é suficiente”, salientou.

Para contornar a situação e tentar aumentar as arrecadações no final do ano, será retomado o Sábado Solidário. A ação será num formato diferente, sem a presença física dos voluntários nos mercados para evitar a transmissão do coronavírus. A data escolhida para a realização do Sábado Solidário é 05 de dezembro, quando também deverá ocorrer um drive-thru na Praça Dante Alighieri para arrecadação de gêneros alimentícios.

A Campanha Caxias do Amor foi lançada no início da quarentena pela Prefeitura e Mitra Diocesana com apoio da Defesa Civil, Câmara de Vereadores, Projeto Mão Amiga, Fundação Caxias, Igrejas Assembleias de Deus, União das Associações de Bairros, Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas de Caxias do Sul, CIC, Sindigêneros, Sindicomércio, Festa da Uva e Ceasa Serra. 

As arrecadações seguem nos mercados, onde há carrinhos disponíveis identificados com o cartaz da campanha e também nas farmácias.

Ouça a entrevista completa com Marlês Andreazza AQUI. 

 

 

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais