Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Liberação de mais 51 agrotóxicos preocupa sindicato caxiense ligado à agricultura familiar

Baixar Áudio por Rodrigo Fischer

Em sua fala, o presidente da entidade também ressalta que autorização foi uma revindicação antiga dos agricultores, que ajudará no combate às pragas prejudiciais a economia do campo

Foto: EBC/Divulgação

O Ministério da Agricultura permitiu, nesta semana, o registro de mais 51 agrotóxicos para uso por parte dos agricultores brasileiros. Com a aprovação, foi totalizada a liberação de 262 tipos de pesticidas, tornando-se o maior ritmo de concessão dos últimos três anos.

Em Caxias do Sul, essa atitude do Governo Federal gera debates. Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Agricultores Rurais, Rudimar Menegotto, a população necessita visualizar por dois lados essa situação. Em um primeiro momento, esse processo era uma revindicação antiga dos agricultores do país, que vem a beneficiar a economia familiar rural da cidade, uma vez que ajudará no combate as pragas prejudiciais à agricultura.

Porém, ele salienta a preocupação com a liberação excessiva de pesticidas, muitos proibidos no exterior por seu perigo a saúde das pessoas.

Dentre os produtos liberados, sete são formulados pelo princípio ativo sulfoxaflor, que impede os insetos de consumirem as frutas produzidas pelos agricultores. Porém, ele está em estudo no exterior por sua relação com a diminuição nos enxames de abelhas. Para o presidente da entidade, o registro do sulfoxaflor preocupa, já que frutas e hortaliças dependem do trabalho de polinização desses insetos.

Ele ainda analisa o impacto econômico dessa autorização para a agricultura familiar de Caxias do Sul. Conforme o presidente do sindicato, a expectativa é que com a autorização muitos pesticidas estejam disponíveis no mercado, o que auxiliaria em menos gastos para o bolso do agricultor.

O próximo passo para a entidade que representa os agricultores familiares é criar ações de conscientização para o uso correto dos novos pesticidas, com o intuito de proteger a saúde do trabalhador e o meio-ambiente.

(Ouça a notícia e entrevista abaixo do título da matéria).

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio São Francisco

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais