Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Prefeitos e gestores de saúde decidem continuar pertencendo a região da Serra na prevenção ao covid19

Baixar Áudio por Leticia Giroto da Cunha
Foto: Divulgação: Prefeitura de Vacaria

O modelo de Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul foi lançado no dia 11 de maio e recebeu muitos elogios, servindo de base para que outros estados do Brasil traçassem seus próprios sistemas de combate à pandemia e também mantivessem a economia girando. No entanto, quando ele entrou em funcionamento para a região da Serra Gaúcha, causou polêmica. 

A bandeira vermelha deveria estar ativa desde segunda-feira 15/06, mas o município buscou formas de reversão para bandeira laranja, na tentativa de não impactar a economia da cidade. Nesta sexta-feira 19/06, depois de muitas tratativas, a Coordenadora Regional de Saúde, Tatiane Fiorio, em entrevista a Tua Rádio Fátima, explicou que o Estado do Rio Grande do Sul, fez um análise técnica de capacidade de atendimento e de população da Serra. Segundo a coordenadora, se acontecesse o desmembramento, a região ficaria com 10 leitos de UTI. Na macrorregião Serra são 224 leitos. Se precisar internar cinco pacientes, o percentual é bem maior para 10 do que para 224. Então o risco de piorar a bandeira seria gigante. E ressalta que a avaliação foi muito bem estudada e juntamente com o gabinete de crise do Estado, chegou-se a determinação final, de que a Serra não pode se separar dos Campos de Cima da Serra.

A Coordenadora Regional de Saúde, Tatiane Fiorio,destaca que os gestores dos Campos de Cima da Serra, após muitas conversas, acataram a decisão do Gabinete de Crise do Estado para que não haja a separação da região da Serra. Ela ressalta ainda que nesse momento foi pensado na segurança e saúde da população, independente de qualquer partido político. O entendimento de manter a região Serra unida, é em busca de uma melhor condição de saúde para as pessoas. A coordenadora afirma que o sistema das bandeiras sofrerá uma alteração, a partir da próxima semana, atendendo solicitação dos gestores da Serra. As bandeiras passarão a ser divulgadas na sexta-feira e somente começarão valer na terça-feira, havendo esse prazo para contestações e revisão dos municípios.

Vacaria segue com o comércio da cidade de portas abertas , assim como todos os dias desta semana . A cor vermelha determina que o risco de contaminação é alto e, por isso, exige fechamento de comércio não essencial.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais