Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

A fome emocional é um dos grandes problemas enfrentados pela população na atualidade

por Neto Ferreira

Tema foi debatido pelo médico José Luiz Fellipi nesta quinta-feira, 10/03, na Tua Rádio Fátima

Foto: Tua Rádio

A fome emocional é provocada não por uma necessidade fisiológica, mas como o próprio nome já diz em função das emoções. Ocorre a canalização na comida por causa de tristeza, raiva, ansiedade, estresse, frustração ou solidão.

O prazer em comer é reconhecido pelo cérebro e pode gerar sensação de conforto e alívio momentâneo, segundo publicação da Escola de Medicina da Universidade de Harvard. O problema é que, muitas vezes, esses alimentos não são saudáveis, como açúcares e frituras. Descontar tudo na comida é um hábito que pode provocar ganho excessivo de peso e prejudicar a saúde. Além disso, significa que você não está lidando com seus sentimentos como deveria.

Embora algumas pessoas comam menos diante de emoções fortes, a compulsão alimentar pode ocorrer diante de aborrecimentos da vida diária ou eventos importantes. As emoções podem ficar tão ligadas aos hábitos alimentares que, quando bate a raiva ou ansiedade, automaticamente a pessoa consome alguma coisa sem de fato prestar atenção ao que está fazendo. O médico gastroenterologista José Luiz Felippi falou sobre o assunto no programa Temática da Tua Rádio nesta quinta-feira, 10/03.

A mudança de alguns hábitos pode auxiliar neste contexto, como realizar um diário alimentar, atividades físicas, evitar a compra de alimentos calóricos e industrializados, iniciar uma reeducação alimentar e é claro, buscar ajuda de um profissional da saúde.

Com informações do portal www.danonenutricia.com.br

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais