Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Promotora afirma que mulheres precisam romper o silêncio nos casos de violência

Baixar Áudio por Aldoir Santos

Dados do MP revelam que Vacaria está em 34ª posição no Estado

Seminário reuniu mulheres e representantes da rede de apoio (foto:^RD Fátima)
Foto: Divulgação

Quando foi iniciado em Vacaria o projeto Acolher o município ocupava a oitava posição entre os que apresentavam o maior número de ocorrências de violência doméstica. Quatro anos depois a cidade já está em 34ª no Estado. Os números foram apresentados pela promotora Bianca Acioly de Araújo nesta quinta-feira, 22/08, no Seminário Lugar de Mulher: Onde ela quiser realizado no salão da Catedral.

A redução da violência doméstica se deve a fatores como o projeto Acolher desenvolvido pelo Ministério Público e a rede de proteção a mulher vítima de violência doméstica. Foi implantada em Vacaria uma casa para acolher as mulheres e filhos que tiveram que sair do lar, foi criado um projeto que ajuda as vítimas a obterem uma renda e ainda uma série de encontros com os agressores. A promotora Bianca Acioly espera que esses índices sejam cada vez melhores e para isso é preciso que as mulheres rompam o silêncio. Além disso as atividades desenvolvidas pela Rede de apoio as vítimas tem como objetivo prevenir a violência.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais