Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Brotação de macieiras é tema de evento em Vacaria

por Aldoir Santos

O seminário de atualização técnica ocorre na Casa do Povo

A brotação e a frutificação de qualidade dependem de um determinado número de horas de frio (foto: arquivo)
Foto: Divulgação

A produção de frutas de clima temperado, dentre elas a maçã, está diretamente relacionada ao período do inverno, quando as plantas armazenam reservas necessárias para garantir a brotação e a frutificação de qualidade após um determinado número mínimo de horas de frio. Em função das mudanças climáticas, os invernos têm sido mais amenos, com ondas de calor, que alteram o comportamento das plantas nos pomares. Atenta a essa realidade, a Embrapa Uva e Vinho, com o apoio da Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM) Associação Gaúcha dos Produtores de Maçã (Agapomi), promove no próximo dia 14 de Agosto, o Seminário de Atualização Técnica em Indução de Brotação da Macieira - Safra 2019/2020. As inscrições são gratuitas, mas devem ser realizadas previamente aqui.

No encontro, a equipe da Embrapa Uva e Vinho, que trabalha diretamente com a cultura da macieira e busca alternativas para as adversidades climáticas, irá compartilhar alguns resultados das pesquisas que têm como objetivo garantir a produção de maçãs. Por exemplo, a compreensão dos mecanismos moleculares e da genética da dormência que será apresentada pelos pesquisadores Luis Fernando Revers Henrique Pessoa dos Santos, são fundamentais para a continuidade da pomicultura brasileira.

Também integra a programação uma palestra sobre o manejo da indução de brotação, que é uma das principais práticas culturais responsável por garantir a o sincronismo de florescimento e a uniformidade fenológica, necessários para a produtividade e a qualidade de frutos. “Em função da redução no número de horas de frio registrados no período outono/inverno de 2019, vou apresentar algumas recomendações técnicas apoiadas nos resultados das pesquisas conduzidas nos últimos cinco anos nos Campos de Cima da Serra”, antecipa o pesquisador Fernando Jose Hawerroth, da Estação de Fruticultura de Clima Temperado da Embrapa, em Vacaria.

Segundo o chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Uva e Vinho, Marcos Botton, além da discussão das condições climáticas de 2019/20 e a indicação dos manejos mais adequados, o evento será mais uma oportunidade de interação entre o setor produtivo e a pesquisa, fator fundamental para o desenvolvimento e aprimoramento da cadeia produtiva da maçã no Brasil.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais