Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Plantio de soja é encerrado no Estado

por Aldoir Santos

Boletim da Emater revela como está o desenvolvimento das culturas de verão

Foto: Divulgação

O plantio da soja está tecnicamente encerrado no Rio Grande do Sul, com a cultura na fase de germinação e desenvolvimento vegetativo em 81% dos 5,9 milhões de hectares projetados para a atual safra. De acordo com o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (03/01), nas regiões do Noroeste Colonial, Celeiro e Alto Jacuí, as chuvas proporcionaram a ocupação dos espaços mais vazios das lavouras, o que amenizará a baixa densidade de plantas. Nessas regiões, o uso de Fipronil para realizar o controle do intenso ataque do tamanduá da soja em áreas próximas a Ijuí e Ibirubá preocupa os apicultores.

No Estado, 39% da área de 738 mil hectares estimados para a safra atual de milho estão na fase de enchimento de grãos. Em algumas lavouras, aproximadamente 4% da área, iniciou-se a colheita do grão. As demais fases da cultura são maduras e por colher (15%), floração (17%) e germinação e desenvolvimento vegetativo (25%). Falta ainda semear 2% das áreas previstas com milho para esta safra.

Prossegue a colheita do feijão 1ª safra no Estado, com o produto apresentando boa produtividade e qualidade. Muitas lavouras que estão em colheita têm seu produto destinado ao consumo da própria família, com a venda de excedente em feiras locais do produtor. No Estado, em média, a cultura aproxima-se dos 30% da área de 41,5 mil hectares já colhidos. Outros 31% estão nas fases de enchimento de grãos ou maduros e por colher, 8% em floração e 32% em desenvolvimento vegetativo.

PASTAGENS E CRIAÇÕES
Os campos nativos e as pastagens cultivadas de verão, favorecidos pelas condições climáticas, apresentam uma boa produção de massa verde, assegurando bons níveis alimentares e nutricionais aos rebanhos.

Os rebanhos bovinos para corte apresentam boas condições corporais e sanitárias. No aspecto sanitário, destacam-se no período os cuidados visando o controle e prevenção de parasitoses causadas por vermes, carrapatos e moscas.
O manejo reprodutivo das vacas de cria, em fase de entoure e/ou inseminação artificial, ocupa uma boa parte da atenção dos criadores.

APICULTURA: O clima favorável está induzindo uma boa atividade nas colmeias e indicando uma boa produção de mel. A safra de primavera ainda está em andamento e os preços de comercialização do mel permanecem nos mesmos níveis da semana anterior.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Fátima

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais