Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

A falsa sensação de segurança que o vírus traz

por Rudimar Galvan
Foto: Divulgação

Apesar dos números de pessoas infectadas com coronavírus terem sido estabilizados nas últimas semanas, como consequência surge uma armadilha, em que muitos podem cair: a falsa sensação de segurança. E essa ilusão é confirmada por quem já esteve infectada, como a Andrea Ferreira (44), que já foi internada internada no Hospital São Paulo de Lagoa Vermelha e agora está recuperada. 

Por se tratar de uma nova doença, até o momento não sabemos quais são todas as consequências que ela pode trazer. O coronavírus não é uma gripe, a pneumologista Elnara Negri, da Universidade de São Paulo (USP) ao trabalhar  em mapeamentos, percebeu os possíveis danos ao cérebro, ao coração, aos rins. “Eu digo que a covid-19 não é uma gripe, não é gripezinha, é um vírus muito agressivo e que debilita o corpo”, diz Andrea sobre a  experiência que passou. Ela apresentou sintomas como dores na garganta e no corpo, falta de apetite e perda de olfato. 

Andrea relata que foi encaminhada ao Hospital e no segundo dia de internação, começou a apresentar melhoras em seu quadro de saúde,  apesar de ainda se sentir debilitada. “Eu falava para o pneumologista Rodrigo Baggio que a tomografia não era minha, pois o resultado era muito agressivo”, comenta Andrea sobre o susto que levou ao examinar seu exame.   

A vida cotidiana está alterada, o novo normal é se prevenir e para isso, é necessário ter empatia, compaixão e consciência dos atos que cada um pode tomar. Ninguém sabe com precisão quando tudo voltará a ser como era antes. Porém, temos ferramentas para que esse dia chega logo, que são as formas de prevenção contra o vírus, divulgadas diariamente na mídia.

E Andrea, como sobrevivente do vírus, tem uma mensagem para toda a população: “Eu mesma tive todos os cuidados e no final fui contaminada. Não fiquem de brincadeira com isso, às vezes em casa, temos mãe e pai, uma família esperando para te acolher.  Então, você saí até uma aglomeração e retorna para casa com o vírus...vai que eles [família] não aguentem. Não é uma gripezinha!”.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais