Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Curas atribuídas a Bernardo Boldrini chamam atenção da Igreja

por Ricardo Silva
Foto: Divulgação

Alguns relatos de cura atribuídos ao menino Bernardo Uglione Boldrini têm chamado atenção da Diocese de Frederico Westphalen, que poderá abrir um processo para que o menino seja considerado santo.

O bispo Dom Antonio Carlos Rossi Keller será o responsável por encaminhar ao Vaticano, os relatos dos possíveis milagres.

Processo de santificação

A partir do encaminhamento, poderá haver a autorização para que Bernardo seja considerado servo de Deus. Para ser considerado santo, o candidato precisa cumprir alguns requisitos: fama de santidade, exercício das virtudes cristãs em grau heroico e ausência de obstáculos insuperáveis contra a canonização.

Se cumpridas as exigências, o Vaticano abre mais um processo, indicando um postulador na Santa Sé; então um relatório é gerado, e se considerado sem impedimentos, segue. Depois disso começa o processo de investigações e outros trâmites até um eventual reconhecimento dele como beato ou santo.

Bernardo Uglione Boldrini

Em 2014, aos 11 anos de idade, Bernardo foi morto. Segundo denúncia do Ministério Público, Graciele, que era sua madrasta, teria ministrado uma dose de uma medicamento que causou a morte do menino; Leandro, pai de Bernardo, foi apontado como mentor do crime.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais