Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Vida
10:00:00
 
 

BSBIOS completa 10 anos de atuação na região

por Flavio Webber

O Grupo, que faturou R$ 1,9 bilhão em 2014, emprega diretamente mais de 500 colaboradores.

Fundada em 15 de abril de 2005, a BSBIOS completa 10 anos nesta quarta-feira (15/4) depois de registrar um faturamento de R$ 1,9 bilhão no ano passado, o que a consolida como uma das principais produtoras de biodiesel do país – terceira maior em 2014 –, além de grande processadora de grãos e exportadora de soja, farelo e o próprio biocombustível.

A companhia conta com 2 unidades industriais e 17 unidades de originação de grãos. A matriz localizada em Passo Fundo (RS), juntamente com filial industrial em Marialva (PR), tem capacidade para produzir aproximadamente 368,8 milhões de litros de biodiesel/ano. As principais matérias-primas utilizadas na produção de biodiesel são a soja e o sebo bovino.

A planta industrial gaúcha conta, também, com uma Unidade de Processamento de Grãos, que consome 900 mil ton de soja/ano, produz 158.400 ton/ano de óleo degomado e 660 mil ton/ano de farelo de soja. Nas  unidades de originação de grãos no norte do Rio Grande do Sul, além da soja também são recebidos outros cereais, como trigo, milho e canola. A capacidade estática de armazenamento ultrapassa as 430 mil ton de grãos e 66 mil ton de farelo.

A companhia mantém estreita relação com a agricultura familiar, da qual adquire, no mínimo, 40% da matéria-prima. Ao todo são beneficiados cerca de quinze mil pequenos produtores de soja e canola no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná. Com isso, a BSBIOS está habilitada ao Selo Combustível Social.

O Selo Combustível Social foi criado para garantir aos agricultores familiares a oportunidade de participação no mercado de biocombustíveis do País. O Selo só é concedido aos produtores de biodiesel que comprovem estar promovendo a inclusão social e o desenvolvimento regional, por meio da aquisição de matéria-prima de suas cooperativas.

“Com essa política a empresa auxilia no complemento da renda dos pequenos produtores e contribui para sua permanência no campo, garantido dessa forma a participação da agricultura familiar no Programa Nacional de Produção de Biodiesel (PNPB),” ressalta o diretor presidente da BSBIOS, Erasmo Carlos Battistella.

O Grupo, que faturou R$ 1,9 bilhão em 2014, emprega diretamente mais de 500 colaboradores. A empresa é certificada GMP+B2 e GMP+B3, normas internacionais que fornecem diretrizes para assegurar a Segurança Alimentar do farelo de soja produzido, requisitos fundamentais para a exportação.

A empresa também é certificada com o ISCC (International Sustainability and Carbon Certification) e 2 BSvs, que atestam que o biodiesel produzido atende aos padrões sociais e ambientais estabelecidos pela Diretiva Europeia de Energias Renováveis. Em toda a sua cadeia de produção, desde o plantio da matéria-prima até a industrialização do biodiesel, a BSBIOS reduz em 63,13% a emissão dos gases do efeito estufa (GEE), se comparado ao diesel comum. A BSBIOS foi a primeira a exportar biodiesel em escala comercial do Brasil.

A empresa, tanto em Passo Fundo quanto em Marialva, também é acreditada na NBR ISO/IEC 17025 pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), norma que padroniza internacionalmente as atividades dos laboratórios de ensaio e calibração. A medida assegura a confiabilidade dos resultados das análises realizadas para certificação do biodiesel produzido nas unidades.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Cacique

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais