Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Especialista dá dicas para fortalecer a imunidade e cuidar da saúde neste inverno

por Isadora Helena Martins

Higienização das mãos, alimentação saudável, tomar sol e cuidados redobrados com os idosos são os principais pontos destacados pela enfermeira Eveline Franco da Silva

Foto: Divulgação / Agência Brasil

O inverno começou oficialmente há 10 dias (20/06), mas foi na última semana que a Serra Gaúcha começou a conviver com um clima mais típico da época como baixas temperaturas, chuvas e umidade. Para a saúde, o inverno costuma ser uma das estações mais críticas, pois o clima deixa o organismo mais suscetível a  gripes, resfriados, bronquites, amigdalites, pneumonias, rinites alérgicas, entre outros. Este ano, ainda há o agravante da pandemia do novo coronavírus que requer que os cuidados com a saúde sejam redobrados.

Durante entrevista na Tua Rádio São Francisco, a professora do curso de Enfermagem da Anhanguera de Caxias do Sul, Eveline Franco da Silva, deu algumas dicas para prevenir as doenças comuns na estação bem como aumentar a imunidade do organismo. Cuidados com a alimentação e  higiene são os princípios básicos para manter o organismo saudável. “A higienização das mão é essencial porque tocamos em tudo e acabamos disseminando vírus e bactérias. No inverno também é muito importante tomar água, chás pra evitar o ressecamento das vias aéreas. A alimentação também é importante e a gente pode buscar fontes de vitamina C como limão, laranja, abacaxi, gengibre e colocar em chás e até mesmo na própria água. Outros alimentos como couve, cenoura também ajudam na prevenção e o que a gente sempre ouve os avós falarem de tomar sopa, é bom porque hidrata e com legumes ajuda a fortalecer o organismo”, explicou.

Eveline ainda destacou a importância de tomar sol para que o organismo possa produzir vitamina D. “Mas a gente nem sempre pode contar com o sol aqui na nossa região, então o mais indicado é que a gente procure um médico, um nutricionista para ver como estão os níveis de vitamina D e, se necessário, fazer a suplementação. Mas é importante salientar que nunca se deve tomar medicação por conta, é preciso sempre buscar um profissional”, salientou.

Na entrevista, a professora de Enfermagem ainda deu dicas de como redobrar os cuidados com os idosos, que costumam a ser mais vulneráveis na época mais fria do ano, inclusive vítimas de hipotermia. Ela ainda destacou a necessidade de evitar o choque térmico, ou seja, a mudança brusca de temperatura dos ambientes.   Ouça a entrevista completa AQUI.    

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais